últimas notícias
Tarifa dos ônibus circulares de Taboão da Serra será mantida sem reajustes em 2021 devido à pandemia do novo coronavírus
Tarifa dos ônibus circulares de Taboão da Serra será mantida sem reajustes em 2021 devido à pandemia do novo coronavírus
Foto: DIVULGAÇÃO

Tarifa do ônibus em Taboão não terá aumento este ano

Segundo a prefeitura, o reajuste anual não será aplicado devido a pandemia do novo coronavírus; tarifa será mantida em R$ 4,30

Com o aumento de serviços básicos como energia, alimentos e gasolina, os moradores de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, pelo menos tiveram uma boa notícia em relação ao transporte. A Prefeitura de Taboão da Serra determinou que a tarifa do ônibus circular não terá aumento este ano, devido a pandemia do novo coronavírus. O valor da tarifa será mantido em R$ 4,30. Os idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência continuam isentos da cobrança.

O último reajuste do transporte aconteceu em fevereiro do ano passado, quando a tarifa subiu de R$ 3,80 para os atuais R$ 4,30, após dois anos sem aumento.

Leia mais

Após 2 anos sem reajuste, tarifa em Taboão sobe para R$ 4,30

Para justificar o congelamento da passagem, o prefeito Aprígio (PODEMOS) citou que a população está sofrendo com os efeitos econômicos da pandemia, como redução de salários e desemprego. “Manter a tarifa é não penalizar o munícipe, que já está com dificuldades. A Secretaria de Transportes está tratando diretamente com o prestador do serviço, para dar um fôlego maior à população”, explicou.

De acordo com o secretário de Transportes e Mobilidade Urbana, José Vanderlei, existe um dilema quando se trata da tarifa do transporte no município. “Existem dois valores, o que deveria ser atualizado anualmente e o que daria equilíbrio ao contrato, Taboão da Serra ficou um tempo sem conceder a atualização anual, que é referente à remuneração do prestador, aos salários, óleo diesel e manutenção dos veículos. Tudo é pago e por isso a necessidade do reajuste, tínhamos uma programação de que o reajuste fosse feito no dia 1º de fevereiro, mas o prefeito Aprígio nos designou para tratar com o prestador de serviço, para que neste ano, em razão das peculiaridades da pandemia e do início de governo, nós pudéssemos segurar o reajuste”, afirmou.

Comentários

Tops da Gazeta