últimas notícias

Marceneiro mata mulher a facadas

Um marceneiro de 31 anos é acusado de matar a ex-mulher a facadas em frente a dois filhos do casal, na terça-feira, em Vargem Grande Paulista. José Eudes Viana dos Santos tentou se suicidar após o feminicídio, quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher. Ele admitiu o crime. Segundo o pai de Danile Costa Matias, 22, um ajudante de pedreiro de 64 anos, Santos procurou a ex-mulher, por volta das 15h, para
"conversar".

Danile morava com o pai e os três filhos, de 2, 3 e 4 anos, desde que se separou - a polícia não informou quando isso aconteceu. A mulher saiu da residência, acompanhada por dois filhos, de 4 e 3 anos. O acusado a aguardava na rua.

Instantes depois, segundo o pai de Danile, um dos netos entrou correndo em casa. "Vô, corre que o papai está matando a mamãe", afirmou o idoso à polícia. O ajudante de pedreiro encontrou a filha morta.

Instantes depois, a polícia foi informada que Santos havia dado entrada ferido no Hospital Regional de Cotia, também na região metropolitana de São Paulo. Ele teria tentado se matar, mas acabou socorrido a tempo. Teve alta na quarta-feira e foi transferido para o sistema carcerário. A defesa dele não foi encontrada. (FP)

Tops da Gazeta