últimas notícias
Novo trecho abrange as avenidas Fernando Simonsen (até a rua Amazonas) e Nelson Braido, no ABC
Novo trecho abrange as avenidas Fernando Simonsen (até a rua Amazonas) e Nelson Braido, no ABC
Foto: divulgação PMSCS

São Caetano inaugura novo trecho de ciclofaixa no domingo

Com a inauguração de novo trecho, a cidade do ABC Paulista passa a contar com 11,1 km de malha cicloviária

A segunda fase do projeto CicloLazer em São Caetano do Sul, na região do ABC Paulista, será entregue neste domingo. O trecho abrange as avenidas Fernando Simonsen (até a rua Amazonas) e Nelson Braido. No mesmo evento, será lançado um recurso exclusivo de pronto atendimento médico ao usuário das vias transitáveis por bicicletas: o programa "Bike SOS Cidadão 156". A cerimônia será às 10h na entrada do Espaço Verde Chico Mendes, na avenida Fernando Simonsen, 566.

De acordo com a Prefeitura de São Caetano, agora, a cidade passa a contar com 11,1 km de malha cicloviária. A etapa inaugurada neste domingo tem 1,8 km e se somará aos 6 km da etapa 1 (entre as avenidas Presidente Kennedy e Goiás), aos 2 km da ciclofaixa na avenida Tijucussu e aos 1,3 km da ciclovia da Avenida Presidente Kennedy.

Ainda de acordo com a administração, em breve a prefeitura vai inaugurar uma nova extensão de 2,2 km pela avenida Guido Aliberti, totalizando 13,3 km.

O horário de funcionamento das ciclofaixas na cidade é das 8h às 16h, sempre aos domingos.

Programa.

A Bike SOS Cidadão 156, idealizada pela Secretaria Municipal de Saúde, é um serviço prestado de maneira pioneira e exclusiva pela Prefeitura de São Caetano. Baseado no modelo implantado em Balneário Camboriú (SC), encabeçado por Bombeiros Voluntários, o projeto terá dois socorristas do SOS Cidadão 156 circulando pela extensão da CicloLazer para prestar os primeiros atendimentos em caso de acidente a ciclistas, skatistas, pedestres ou outros frequentadores.

O acionamento do serviço pode ser feito pelos telefones 0800-7000-156 ou 156 ou diretamente com os colaboradores que auxiliam os ciclistas e usuários da ciclofaixa.(MH)

Tops da Gazeta