últimas notícias
Segundo a Autopista Régis, nessa quinta-feira, o maior período de congestionamento será das 16h às 22h
Segundo a Autopista Régis, nessa quinta-feira, o maior período de congestionamento será das 16h às 22h
Foto: Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Régis deve receber 630 mil veículos no feriado da Páscoa

VIAGEM. A alta representa um aumento de 18% no tráfego durante o período, em relação aos dias normais

Cerca de 630 mil veículos devem utilizar a rodovia Régis Bittencourt (BR-116) durante o feriado prolongado de Páscoa. De acordo com a concessionária Autopista Régis, responsável pela via, a alta representa um aumento de 18% no tráfego durante o período, em relação aos dias normais. Para dar conta do aumento no fluxo, a concessionária montou uma operação especial que inicia hoje e segue até a meia-noite de domingo, 21 de abril.

Ainda segundo a Autopista Régis, nessa quinta-feira, o maior período de congestionamento será das 16h às 22h, enquanto na sexta-feira será das 6h às 13h. No retorno, dia 21, os motoristas devem evitar a rodovia entre às 15h até 22h.

Operação.

A concessionária posicionará ambulâncias e guinchos em pontos estratégicos da rodovia. Durante a saída da Operação Páscoa, as equipes de tráfego realizarão a campanha "Tour da Vida", na base operacional do km 542, na Barra do Turvo, no Vale do Ribeira. Quem parar para descansar no posto será orientado por profissionais sobre dicas de segurança no
trânsito.

Além dos recursos operacionais, os usuários também contam com informações sobre as condições do trânsito na rodovia através do perfil na concessionária no Twitter, @Arteris_ARB, e informações do aplicativo Waze, que são monitorados pelo Centro de Controle Operacional (CCO).

Pedágio.

A tarifa básica na Régis Bittencourt é de R$ 3,20 em todas as praças; motos pagam R$ 1,60 e veículos comerciais pagam conforme o número de eixos.
(Matheus Herbert)

Tops da Gazeta