últimas notícias
Segundo a Goldin, Lennon assinou o disco no dia 8 de dezembro de 1980, cinco horas antes de Chapman atirar no ex-Beatle
Segundo a Goldin, Lennon assinou o disco no dia 8 de dezembro de 1980, cinco horas antes de Chapman atirar no ex-Beatle
Foto: Divulgação/Goldin Audictions

Autógrafo de Lennon a seu assassino vai a leilão

O item é uma cópia do álbum Double Fantasy que o ex-Beatle John Lennon autografou para Mark Chapman, o seu assassino

Até o dia 13 de dezembro de 2020, a casa de leilões Goldin Auctions realiza um pregão com centenas de itens, entre eles um inusitado: uma cópia do álbum Double Fantasy que o ex-Beatle John Lennon autografou para Mark Chapman, o seu assassino.

Segundo a Goldin, Lennon assinou o disco, que fez em parceria com a esposa Yoko Ono, no dia 8 de dezembro de 1980, cinco horas antes de Chapman atirar no ex-Beatle, em frente ao prédio em que o artista morava com a família em Nova York. O disco, inclusive, possui marcas da polícia em ambos os lados, já que foi enviado para investigação.

O álbum, que está em disputa desde a última segunda-feira (23), já foi vendido outras duas vezes, por US$ 150 mil, em 1999, e por US$ 800 mil, em 2010. Agora, a estimativa é que seja arrematado por cerca de US$ 2 milhões, algo em torno de R$ 10, 6 milhões. O lance inicial é de US$ 400 mil, o que equivale a R$ 2,1 milhões.

Comentários

Tops da Gazeta