últimas notícias
A Buser atingiu a marca de 3 milhões de usuários em dezembro
A Buser atingiu a marca de 3 milhões de usuários em dezembro
Foto: Divulgação/Buser

Em ano de crise, Buser cresce 15% por semana

A experiência dos usuários com o app, o site de usabilidade simples e a facilidade nas formas de pagamento explicam o sucesso da companhia, que adota o modelo de fretamento colaborativo

Ainda que o mercado de turismo tenha sido fortemente impactado pela pandemia, a Buser, ou "Uber dos ônibus", tem tido alta de 15% por semana, além de ter atingido a marca de 3 milhões de usuários em dezembro.

A experiência dos usuários com o app, o site de usabilidade simples e a facilidade nas formas de pagamento explicam o sucesso da companhia, que adota o modelo de fretamento colaborativo, no qual a startup conecta empresas de fretamento de ônibus a pessoas que pretendem fazer uma viagem para um mesmo destino.

"O crescimento constante das plataformas de serviços por aplicativos, a chamada economia compartilhada, demonstra a sua força no setor de viagens de ônibus, uma alternativa segura e barata, que surge como opção a um mercado até então dividido entre as empresas de rodoviária e o transporte clandestino", diz o CEO da empresa, Marcelo Abritta.

Comentários

Tops da Gazeta