últimas notícias
Chevrolet foi a marca preferida nos leilões, com 25,6% das vendas
Chevrolet foi a marca preferida nos leilões, com 25,6% das vendas
Foto: DIVULGAÇÃO/SPERBID

Leilão de carros cresce 30%; veja os mais comprados

No Sudeste, o Fiat Palio foi o veículo mais vendido; entre as marcas, a Chevrolet foi a preferida dos leilões pelos brasileiros

O ano de 2020 foi positivo para os leilões de automóveis. Segundo números da plataforma Superbid Marketplace, a venda de carros em pregões registrou alta de 30% no ano passado, sobre 2019.

Entre os motivos que explicam a alta estão a expansão do mercado eletrônico, a queda das ofertas de carros novos pelas montadoras, que acabou diminuindo os estoques de seminovos nas concessionárias e lojistas, e a mudança no comportamento do consumidor.

"Os consumidores se permitiram a experiência da compra on-line mesmo para bens de alto valor agregado, como um carro. O leilão vem conquistando cada vez mais novos clientes visto que há muitas oportunidades e ofertas com procedência e qualidade", ressalta Jacqueline Luz, diretora comercial da MaisAtivo, empresa de desmobilização de frotas do Grupo Superbid.

Entre os carros mais arrematados no ano passado, o Fiat Palio foi o campeão no Sudeste e Nordeste, enquanto o Volkswagen Gol liderou no Sul, o Fiat Strada na região Centro Oeste, e o Volkswagen Amarok foi o mais vendido no Norte do Brasil.

Já no que diz respeito às marcas, as preferidas dos leilões de automóveis pelos brasileiros foram: Chevrolet, com 25,6% de carros arrematados em 2020; seguida pela Fiat (24,9%), Volkswagen (12,8%), Ford (5,8%), Toyota (4,4%) e Hyundai (3,1%).

Comentários

Tops da Gazeta