últimas notícias
Em 2020, os três pregões realizados pela Companhia renderam R$ 16,7 milhões
Em 2020, os três pregões realizados pela Companhia renderam R$ 16,7 milhões
Foto: Divulgação

CPTM quer arrecadar R$ 10 milhões em leilão

Para atingir os R$ 10 milhões esperados, a CPTM pretende continuar com a estratégia de leiloar lotes compostos por apenas um carro ferroviário

Na próxima sexta-feira (26), a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) realiza o primeiro leilão de 2021 e espera arrecadar R$ 10 milhões. Em 2020, os três pregões realizados pela Companhia renderam R$ 16,7 milhões.

"O leilão de peças inservíveis permite a Companhia recuperar parte do investimento, gera benefício ambiental e abre espaço para outros materiais do ciclo de substituição", explica Leandro Carpegiani Moreira, gerente da Gerência de Logística da empresa.

Para atingir os R$ 10 milhões esperados, a CPTM pretende continuar com a estratégia de leiloar lotes compostos por apenas um carro ferroviário. O objetivo é atrair colecionadores e empresas interessadas em espaços comerciais inspirados no tema ferroviário.

Dessa forma, no próximo leilão, estarão disponíveis 15 lotes com carros ferroviários unitários com lance mínimo de R$ 43,5 mil cada, sendo sete lotes com composições do modelo 1700, que atendeu a linha 7-Rubi, entre 1987 e 2019; e oito lotes do modelo 2100, da fabricante espanhola CAF, que atendeu a linha 10-Turquesa, entre 1998 e 2029.

Haverá ainda lotes compostos por diversos tipos de sucata, como dormentes, trilhos, e outros materiais. Os interessados em participar do pregão devem acessar www.sitleiloes.com.br.

Comentários

Tops da Gazeta