últimas notícias
Entre os itens disponíveis para disputa há joias e bolsas de marcas famosas, como Louis Vuitton, Prada e Coach
Entre os itens disponíveis para disputa há joias e bolsas de marcas famosas, como Louis Vuitton, Prada e Coach
Foto: DIVULGAÇÃO

Ministério da Justiça leiloa joias e bolsas de luxo

Leilão acontece no dia 31 de março. Bens foram apreendidos do tráfico internacional em operação nos portos de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo

LeAté a próxima quarta-feira, 31 de março, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP) realiza o leilão de 37 itens de luxo, apreendidos do tráfico internacional em operação nos portos de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Caso os bens não sejam vendidos na data, o pregão será prorrogado até o dia 7 de abril, quando os lotes ficarão disponíveis por preços equivalentes a 80% do valor de avaliação, com lances iniciais entre R$ 200 e R$ 10 mil.

Leia Mais

Cartas escritas pela princesa Diana são vendidas por R$ 645 mil

Entre os itens disponíveis para disputa há joias e bolsas de marcas famosas, como Louis Vuitton, Prada e Coach. Há também diversos relógios das marcas Tag Heuer, Michael Kors e Victor Hugo, que podem ser arrematados a partir de R$ 800 e R$ 10 mil no primeiro leilão. Os interessados devem acessar o site da Brame Leilões 

Segundo a Senad, o dinheiro arrecadado será destinado ao Fundo Nacional Antidrogas para investimentos no reforço da segurança pública nacional e dos estados por meio do reaparelhamento das polícias, capacitação de profissionais e investimentos em pesquisas para subsidiar políticas públicas.

No estado de São Paulo já foram arrecadados R$ 8,8 milhões com a venda de 1.141 itens em 20 leilões deste 2020. Mais 1.700 itens já estão em processo de venda no Estado e serão disponibilizados em leilões no decorrer do ano.

Comentários

Tops da Gazeta