últimas notícias
Veículos e imóveis são as grandes estrelas do pregão cujos descontos podem chegar a 60%
Veículos e imóveis são as grandes estrelas do pregão cujos descontos podem chegar a 60%
Foto: DIVULGAÇÃO/SATO LEILÕES

TRT realiza leilão de bens e imóveis em SP

Pregão possui lotes com carros, ônibus, cadeiras universitárias, granito, além de imóveis em várias cidades do Estado

Nos dias 25 e 27 de maio, às 10h, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) realiza um grande leilão no estado de São Paulo. As disputas, que contam com mais de 200 lotes, acontecem na plataforma Sato Leilões.

Entre os itens disponíveis há cadeiras universitárias, granitos, containers, bombas de combustível, máquinas de solda, equipamentos para gráficas, entre outros. Contudo, são os veículos e imóveis as grandes estrelas do pregão.

Entre os veículos, é possível arrematar uma BMW X3 XDRIVE 351 WX71, ano e modelo 2014, pelo valor inicial de R$ 30 mil. Já uma Ford Ranger STX, ano 1996, modelo 1997, pode ser adquirida a partir de R$ 4,5 mil, enquanto um Kia Sportage LX3 ano e modelo 2011 possui lance mínimo de R$ 14,4 mil.

No que diz respeito aos imóveis, o destaque é um prédio de 1.159,36 m² na Vila Leopoldina, em São Paulo. Com 60% de desconto, a propriedade tem valor mínimo de R$ 2,4 milhões. Uma casa no Tucuruvi de 340 m², por sua vez, tem lance inicial de R$ 1,5 milhão, valor 25% menor do que a avaliação.

Leia Mais

Arcelor Mittal leiloa 12 toneladas de sucata em maio

Para quem busca um imóvel na praia, uma propriedade em Santos, de 425 m², e lance inicial de R$ 1 milhão pode ser uma boa opção. Outra alternativa é uma casa na Praia Grande com 244,60 m², que pode ser adquirida a partir de R$ 168 mil, o equivalente a 40% do valor de avaliação.

“Nesta edição, teremos grandes oportunidades para os arrematantes. O investimento em imóveis, por exemplo, é um dos mais seguros e rentáveis do mercado, além de outros bens com valores abaixo do mercado. No atual momento da economia, em que os juros estão baixos e o dólar segue em alta, trata-se de uma das melhores opções de negócio”, finaliza o leiloeiro Antonio Hissao Sato Junior, CEO da empresa Sato Leilões.

Comentários

Tops da Gazeta