últimas notícias
Leilão deve beneficiar 40 milhões de pessoas
Leilão deve beneficiar 40 milhões de pessoas
Foto: MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL

Leilão do 5G deve ocorrer no início de outubro

Na última quarta-feira (25), Tribunal de Contas da União aprovou o edital do leilão do 5G

O leilão do 5G deve acontecer no início do mês de outubro. Isso porque, na última quarta-feira, 25 de agosto, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou o edital do certame, o enviando à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que tem sete dias para publicar o documento. A partir daí, são mais 30 dias para a realização do pregão.

De acordo com o Ministério das Comunicações, este deve ser o maior certame de radiofrequência da história das telecomunicações no país, visto que o leilão envolve quatro frequências para a implantação da nova tecnologia para redes móveis: 700 megahertz, 2,3 gigahertz, 3,5 gigahertz e 26 gigahertz. Além disso, a Anatel autorizará o uso das faixas, mediante cumprimento de determinadas obrigações, que incluem investimentos em infraestrutura para ampliação da cobertura de sinal no país.

Leia Mais

5G vem aí

“Estamos falando de um leilão de R$ 45 bilhões em investimentos, ao longo de 20 anos (...). Vamos levar conexão para 40 milhões de pessoas que hoje não têm qualquer acesso", disse o ministro das Comunicações, Fábio Faria, após a aprovação do edital no TCU.

No que diz respeito ao cronograma de implantação do 5G no Brasil, o ministro Fábio Faria sustenta que ele está mantido e diz que até julho de 2022, todas as 27 capitais brasileiras terão cobertura 5G. Em seguida, até 2028, serão beneficiadas as cidades com mais de 30 mil habitantes.

Comentários

Tops da Gazeta