X

Aviação civil

Anac impõe restrições ao aeroporto de Guarulhos devido a falhas de segurança

Agência limita frequências semanais e impõe prazo de 60 dias para resolver falhas operacionais

Natália Brito

Publicado em 07/06/2024 às 16:36

Atualizado em 07/06/2024 às 16:37

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Aeroporto de Guarulhos / Paulo Pinto/Fotos Públicas

Nesta quarta-feira (5), a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, não poderá aumentar a frequência de voos de passageiros até que questões de segurança operacional sejam resolvidas.

Limitação de frequências

A restrição foi estabelecida pela Portaria nº 14.734 de 4 de junho de 2024, que determina que o aeroporto não poderá ultrapassar as 2.714 frequências semanais de voos de transporte aéreo público de passageiros, conforme comunicado da Anac.

Além disso, se os problemas não forem solucionados em 60 dias, o número de voos permitidos será reduzido em mais 5%, passando para 2.578.

Falhas apontadas pela Anac

Segundo a Anac, apesar de ter sido notificada em duas inspeções e autuada, a concessionária do aeroporto não resolveu as falhas apontadas.

As preocupações estão principalmente na segurança dos pátios das aeronaves, especialmente durante períodos de chuva e operações noturnas.

Entre os problemas identificados estão deficiências na manutenção da sinalização horizontal nos pátios de aeronaves e dos circuitos de sinalização luminosa, e na supervisão das operações nos pátios.

Além disso, há uma falta de ações efetivas para a revitalização tempestiva da sinalização horizontal em geral.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

NESTA QUARTA

Autódromo de Interlagos recebe Dia do Motorista de App em SP

Evento terá show de Netinho de Paula, carros clássicos, foodtrucks e brinquedos para as crianças

FUGA E TIRO

Motociclista foge e é baleado na nuca por PM no interior de SP

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter