Publicidade

X
DELIVERY

Mr. Cheney alavanca expansão com dark kitchens

Rede quer inaugurar 30 dark kitchens e investir em lojas de aeroportos

Publicidade

Mr. Cheney também quer abrir lojas em aeroportos / Divulgação

O Mr. Cheney, rede de cookies tipicamente americanos, está investindo em um novo modelo de negócios. A empresa quer alavancar sua expansão por meio das dark kitchens.

O objetivo da marca é inaugurar 30 dark kitchens (lojas apenas com delivery e sem salão) nos próximos dois ou três anos, visto que o modelo barateia o investimento para quem quer abrir uma franquia, ficando em torno de R$ 47 mil.

Leia Também

• Padaria Pet investe em novo modelo de franquia

“Esse modelo visa regiões em que não estejamos fisicamente, mas que tenham uma boa estrutura e demanda por delivery. Por exemplo, acreditamos que o modelo tenha boa aderência para regiões metropolitanas ou bairros residenciais sem grandes shoppings”, explica Johannes Ayres Castellano, sócio-diretor do Mr. Cheney.

Além das dark kitchens, a empresa também pretende abrir novas unidades em aeroportos, aproveitando o arrefecimento da pandemia e a retomada do setor de turismo. “A proposta do Mr. Cheney se encaixa bem para este momento: doces recém assados, com ingredientes de qualidade e receita americana para aguardar o embarque, acompanhado das bebidas favoritas. Além disso, há boa disponibilidade de pontos e em condições mais atrativas. Muitas vezes, além de consumir no local, as pessoas ainda levam um pack para consumir em casa ou ao longo da viagem”, explica Castellano.

Até 2023, a marca espera superar 130 unidades em operação. Para este ano, a projeção é fechar com um faturamento de cerca de R$ 90 milhões.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

RIO DE JANEIRO

Filha é presa suspeita de roubar R$ 720 milhões da mãe no Rio

Para atingir a cifra milionária em roubos, a jovem focou em obras de arte

COPA DO MUNDO 2022

Fifa vai antecipar início da Copa do Mundo; veja novas datas

A decisão já foi tomada pela organização internamente e deve ser oficializada nos próximos dias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software