Publicidade

X

Leilões & Negócios

Prédio da Santa Casa de Suzano deve ir a leilão em julho

Determinado pelo Tribunal Regional do Trabalho, o pregão acontecerá para quitar dívidas trabalhistas de mais de 20 anos

Publicado em 24/04/2019 às 00:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O terreno, que conta com 10.850 m², poderá ser arrematado pela internet ou presencialmente / /Sabrina Silva/Divulgação

O Tribunal Regional do Trabalho determinou na última terça-feira, 30 de abril, que o prédio da Santa Casa de Suzano fosse a leilão. As informações são do portal de notícias "G1". O terreno, que conta com 10.850 metros quadrados, poderá ser arrematado pela internet ou presencialmente. Os interessados na compra do prédio deverão garantir lance de 30% do valor do imóvel, avaliado em aproximadamente R$ 20 milhões, segundo edital.

Ao "G1", o Departamento Jurídico da Santa Casa de Suzano informou que as 643 ações trabalhistas acumuladas do período de 1994 a 2016 motivaram a decisão da 2ª Vara do Trabalho. No ano de 2016, o prédio em questão chegou a ser penhorado.

Em nota, a Prefeitura de Suzano informou ainda que a administração municipal herdou uma dívida de mais de R$ 30 milhões em processos trabalhistas e, com isso, "a atual gestão deu início a duas medidas: a jurídica, com a realização de acordos e a financeira, com pagamento das ações".

Ainda em nota ao "G1", a prefeitura de Suzano afirmou que foram quitadas 210 ações, chegando ao valor de mais de R$ 8,8 milhões e que não foram abertas novos processos contra a entidade desde o mês de janeiro de 2017.

"A Santa Casa já entrou com recurso no Tribunal Superior do Trabalho de Brasília e que vai realizar os esforços necessários para evitar que o local vá a leilão", finalizou a prefeitura. (PF)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Taboão da Serra inicia entrega do uniforme escolar

Expectativa é que até o dia 15 de março todos os estudantes tenham recebido o kit completo

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter