últimas notícias
O site www.leilaoseguro.org.br, da Aleibras, orienta os compradores e tem espaço para denúncias
O site www.leilaoseguro.org.br, da Aleibras, orienta os compradores e tem espaço para denúncias
Foto: REPRODUÇÃO

Associação orienta sobre leilões falsos

ALERTA. Aleibras reúne as maiores empresas do setor e traz informações sobre sites falsos e como não cair em um golpe

Falsos sites de leilão não são uma novidade: interessados acessam o endereço na internet, compram um bem e, na hora de retirá-lo, nem o bem nem a empresa existem. O último caso aconteceu há pelo menos três meses: um site falso vendia carros e os compradores eram orientados a retirar os veículos na cidade de Monte Mor, no interior de São Paulo e, ao chegar ao local, não havia carros nem empresa.

Para evitar esse tipo de surpresa, algumas das maiores operadoras de leilão no Brasil se organizaram e criaram a Aleibras (Associação da Leiloaria Oficial do Brasil). Entre as empresas participantes, estão a Copart, Guariglia, Leilomaster, Loop, Pacto Leilões, Palácio dos Leilões, Pestana Leilões, Sodré Santoro, Superbid e VIP Leilões. A associação representa mais de 90% dos leilões no Brasil.

"Com base no histórico dos associados e aproveitando os avanços tecnológicos do setor, decidimos unir nossa expertise em formato de associação para, juntos, fortalecermos e darmos credibilidade a essa modalidade de negócio. O leilão é reconhecido, no mundo todo, como a forma mais rápida e lucrativa de comprar e vender bens e serviços", disse Vicente Albuquerque Costa Filho, presidente da Aleibras.

A Associação procura mostrar à sociedade como funciona o mercado de leilões, além de orientar os interessados sobre como descobrir os sites oficiais, para fazer seus lances com segurança. Para isso, foi criado o Selo Leilão Seguro, que atesta a qualidade do trabalho das empresas leiloeiras, e traz mais garantia aos compradores. "Nosso objetivo é mostrar aos clientes e parceiros que os sites certificados possuem tecnologia extremamente confiável e garantem a procedências dos veículos negociados. Deste modo, o arrematante pode ter a certeza de uma transação segura", explica Costa Filho.

SEGURANÇA.

O site Leilão Seguro mostra os leiloeiros que têm a Certificação Ebit, uma garantia de credibilidade, honestidade e excelência nos trabalhos. Há também uma lista dos sites falsos de leilão, que pode ser consultado pelos compradores antes de dar seus lances e ajudá-los a não cair em um golpe. No site também é possível denunciar empresas falsas, bem como ver dicas importantes para não ser prejudicado.

"O maior prejudicado com as fraudes é o cliente, que às vezes investe economias de uma vida inteira e acaba perdendo tudo. Por isso, nossa intenção é disponibilizar informações suficientes para que ele possa identificar os criminosos e até denunciar os sites golpistas, nos ajudando a melhorar esse mercado, que tende a crescer cada vez mais", conclui Costa Filho. Acesse o site para mais informações: www.leilaoseguro.org.br. (GSP)

 

Comentários

Tops da Gazeta