últimas notícias
Uma das propriedades da antiga fábrica de baterias fica em Bauru, no interior de São Paulo
Uma das propriedades da antiga fábrica de baterias fica em Bauru, no interior de São Paulo
Foto: DIVULGAÇÃO/MAISATIVO LEILÃO JUDICIAL

Ajax vende imóveis para pagar dívidas trabalhistas

As propriedades da fábrica de baterias estão localizadas nos estados de Goiás e São Paulo; leilão vai de 9 a 18 deste mês

A empresa MaisAtivo Leilão Judicial (www.canaljudicial.com.br) realiza até os dias 9 e 18 de outubro o leilão das propriedades da fábrica de baterias Ajax. Mergulhada em graves dificuldades financeiras, a empresa paralisou suas atividades em janeiro de 2015, quando teve sua falência
decretada.

Os imóveis estão localizados nos estados de Goiás e São Paulo e possuem lances iniciais a partir de R$ 7,2 milhões. O valor arrecadado será destinado, principalmente, para quitar débitos trabalhistas com os colaboradores da companhia.

Das quatro unidades disponíveis para lances, três estão na cidade de Bauru, no interior paulista. É o caso de um terreno comercial com área total de 1.662 m². Murado e parcialmente pavimentado, o imóvel possui o maior valor inicial de R$ 17.232.726,00.

Na região, também é possível adquirir o parque fabril da empresa. Composto por três imóveis e área total de 40.077 m², a propriedade conta com toda estrutura de produção antes utilizada pela fábrica. A unidade recebe lances a partir de
R$ R$15.730.000,00. O outro lote disponibilizado em Bauru contempla um terreno com prédios, galpões, áreas de lazer, alojamento, oficina, galpão de ferramentas, entre outras construções. O lance inicial é de R$ 7,9 milhões.

Em Goiás, a oferta é um complexo industrial junto a bens móveis. O imóvel rural está localizado na Fazenda Morro Agudo, na região Roncador, e possui com um extenso maquinário, além de construções como refeitório, vestiários e salão administrativo. A propriedade tem área total de 146 hectares e lances a partir de R$ 7,2 milhões.

Para os imóveis localizados no interior paulista, a empresa leiloeira receberá lances até o dia 9 de outubro, enquanto que a propriedade em Goiás poderá ser arrematada até 18 de outubro.
(GM)

Comentários

Tops da Gazeta