últimas notícias
Além de informar o novo foco do grupo criado pela Casa Branca, Donald Trump também elogiou as ações da força-tarefa
Além de informar o novo foco do grupo criado pela Casa Branca, Donald Trump também elogiou as ações da força-tarefa
Foto: Isac Nóbrega/PR

Trump volta a acusar China por Covid-19 e revela que estão realizando ‘investigações sérias’

Segundo o presidente dos EUA, Pequim falhou em informar o surto do novo coronavírus e acobertou o perigo da doença

Nesta segunda-feira (27), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a acusar a China pela disseminação do novo coronavírus. O norte-americano alega que o país poderia ter contido o vírus antes que ele se espalhasse pelo mundo e que o governo americano está realizando “investigações sérias” sobre o ocorrido.

"Estamos fazendo investigações muito sérias. Não estamos felizes com a China", disse Trump durante uma entrevista na Casa Branca. "Há muitas coisas pelas quais ela pode ser responsabilizada", acrescentou.

Trump afirma que o vírus poderia ter sido contido. "Acreditamos que poderíamos ter impedido isso na fonte. Poderíamos ter impedido que se espalhasse tão rápido e não se propagaria por todo o mundo."

Na semana passada, o secretário de Estado, Mike Pompeo, revelou que os Estados Unidos “acreditavam fortemente” que Pequim falhou em informar o surto de Covid-19 e acobertou o perigo da doença.

O Ministério das Relações Exteriores da China nega as acusações.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta