últimas notícias
Manifestantes atiram pedras contra a polícia libanesa durante um protesto contra o governo; atos ocorreram no fim de semana
Manifestantes atiram pedras contra a polícia libanesa durante um protesto contra o governo; atos ocorreram no fim de semana
Foto: BILAL HUSSEIN/ASSOCIATED PRESS

Premiê do Líbano renuncia ao cargo

Em meio à crise após a explosão na região portuária de Beirute, o primeiro-ministro Hassan Diab, renunciou nesta segunda-feira

Em meio à crise após a explosão na região portuária de Beirute, o primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, renunciou nesta segunda-feira (10). No fim de semana, milhares de pessoas foram às ruas, em protesto, exigindo uma responsabilização das autoridades pela explosão, que deixou ao menos 163 mortos e 6 mil feridos.

Ao anunciar sua demissão, o premiê disse que a explosão foi resultado de corrupção endêmica no governo.

“Hoje estamos seguindo a vontade do povo em sua demanda de responsabilização pelo desastre (...) e o desejo de uma mudança real", disse ele no discurso curto que foi transmitido pela TV.

Leia mais

Além de Diab, mais dois ministros do governo libanês renunciaram nesta segunda. Foram eles: o ministro das Finanças, Ghazi Wazni, e a ministra da Justiça, Marie-Claude Najm.

No domingo (9) a ministra da Informação, Manal Abdel Samad, e o ministro do Meio Ambiente, Damianos Kattar, deixaram o governo.

Comentários

Tops da Gazeta