últimas notícias
O russo Alexey Navalny, opositor de Vladimir Putin, passou mal durante um voo para Moscou
O russo Alexey Navalny, opositor de Vladimir Putin, passou mal durante um voo para Moscou
Foto: PAVEL GOLOVKIN/ASSOCIATED PRESS

Médicos dizem que opositor de Putin foi envenenado

O russo Alexei Navalni passou mal em um voo da Sibéria para Moscou; médicos alemães informaram que o ativista foi envenenado por uma substância que atua no sistema nervoso

Exames realizados no opositor do presidente Vladimir Putin, o russo Alexei Navalni confirmaram que ele foi envenenado. Nesta segunda-feira (24), os médicos alemães responsáveis pelo tratamento de Alexei informaram que o ativista foi envenenado por uma substância que atua no sistema nervoso.

"Os achados clínicos indicam intoxicação por uma substância do grupo dos inibidores da colinesterase", diz o comunicado divulgado pelo Hospital da Charité, em Berlim, para onde Navalni foi transferido no sábado (22).

Navalni, 44, está em coma induzido e conectado a um respirador desde quinta-feira (20), quando passou mal em um voo da Sibéria para Moscou. Familiares e aliados do opositor afirmam que ele foi vítima de um "envenenamento intencional", com "algo misturado a seu chá" enquanto estava no aeroporto de Tomsk.

Leia mais

Embora tenham afirmado que o ativista não corre risco de morrer, os médicos não descartaram a "possibilidade de efeitos a longo prazo, particularmente aqueles que afetam o sistema nervoso".

Segundo o hospital, "o efeito do veneno foi confirmado por vários testes em laboratórios independentes". O diagnóstico contraria a versão apresentada pelos médicos russos, segundo a qual não havia vestígios de substâncias tóxicas nos exames feitos no ativista durante o atendimento na Rússia.

Comentários

Tops da Gazeta