últimas notícias
Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna dividirão o valor de 10 milhões de coroas suecas
Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna dividirão o valor de 10 milhões de coroas suecas
Foto: HENRIK MONTGOMERY/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Nobel de Química vai para duas mulheres pela 1ª vez

Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna receberam o prêmio pelo desenvolvimento do Crispr, método de edição do genoma

O Prêmio Nobel 2020 em Química foi entregue para Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna pelo desenvolvimento do Crispr, método de edição do genoma. A informação foi divulgada pela Academia Real de Ciências da Suécia nesta quarta-feira (7). É a primeira vez na história que duas mulheres ganham esse prêmio.

Após o anúncio, a francesa Charpentier falou com a imprensa sobre a entrega histórica. "Eu gostaria de passar uma mensagem positiva a meninas que gostariam de seguir o caminho da ciência. Acho que nós mostramos a elas que uma mulher pode ter impacto na ciência que elas estão fazendo. Espero que Jennifer Doudna e eu possamos passar uma mensagem forte às meninas", disse.

Elas dividirão o valor de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 6,3 milhões). Anteriormente, outras cinco mulheres ganharam o Nobel em Química: Marie Curie em 1911, Irène Joliot-Curie em 1935, Dorothy Crowfoot Hodgkin em 1964, Ada E. Yonath em 2009 e Frances H. Arnold no ano de 2018.

Crispr

O Crispr/Cas9 permite mudar parte do código genético de uma célula. A pesquisa com a descoberta foi publicada em 2012 na revista científica “Science”. Com a descoberta, os cientistas podem alterar o DNA de animais, plantas e microrganismos com precisão.

Leia mais:

Nobel 2020

Na segunda (5) e terça (6), respectivamente, foram dados os prêmios nas áreas de Medicina e Física. Eles foram anunciados pela Academia Real Sueca.

O Nobel de Literatura será anunciado nesta quinta (8). Ele fica a cargo da Academia Sueca, composta por 18 membros, entre escritores, linguistas, acadêmicos, historiadores e juristas.

O Nobel da Paz, dado por um comitê escolhido pelo Parlamento Norueguês será anunciado na sexta (9). O Prêmio de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel, apelidado como Nobel de Economia, será anunciado na próxima segunda (12) e também fica a cargo da Academia Real Sueca de Ciências.

Comentários

Tops da Gazeta