últimas notícias
Trump foi considerado culpado por incitar à violência que resultou na invasão do Capitólio
Trump foi considerado culpado por incitar à violência que resultou na invasão do Capitólio
Foto: Official White House Photo/Andrea Hanks/Fotos Públicas

EUA: Juiz nega pedido de Trump para interromper contagem de votos na Filadélfia

Campanha do atual presidente pediu a interrupção da apuração do votos enquanto fiscais republicanos não estivessem presentes

Nesta quinta-feira, um juiz rejeitou o pedido para interromper a contagem dos votos na Filadélfia enquanto fiscais republicanos não estivessem presentes. O pedido foi feito pela equipe do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

A equipe de campanha disse que as autoridades eleitorais estavam "se recusando intencionalmente a permitir quaisquer representantes e observadores eleitorais do presidente Trump e do Partido Republicano". A ação foi apresentada ao Tribunal Federal da Filadélfia.

"Como dito durante a audiência da liminar de emergência de hoje [quinta-feira], à luz do acordo das partes, a moção do requerente é negada sem direito a apelação", afirmou o juiz distrital Paul Diamond na decisão.

Votos por correio

Segundo o Serviço Postal dos Estados Unidos, cerca de 1.700 cédulas foram encontradas durante duas inspeções em instalações de processamento na Pensilvânia. Essas cédulas serão entregues às autoridades eleitorais.

Durante os dias de apuração de votos, Donald Trump disse, em diversos momentos, que os votos enviados pelo correio estão sujeitos à fraude.

Comentários

Tops da Gazeta