últimas notícias
No caso de pessoas com mais de 65 anos, o imunizante se mostrou mais de 94% eficaz
No caso de pessoas com mais de 65 anos, o imunizante se mostrou mais de 94% eficaz
Foto: FREEPIK

Vacina da Pfizer é 95% eficaz contra Covid-19, indica comunicado

Estudos da vacina analisaram 170 casos confirmados de Covid-19; farmacêutica pretende entrar com o pedido de uso emergencial do imunizante

A vacina BNT162b2, produzida pelas farmacêuticas PFizer e BioNTech, é 95% eficaz contra o coronavírus, de acordo com resultados da terceira fase de testes. O comunicado foi publicado nesta quarta-feira pela Pfizer, mas os resultados ainda não foram divulgados em revista científica.

De acordo com o texto da Pfizer, os estudos da vacina analisaram 170 casos confirmados de Covid-19. No caso de pessoas com mais de 65 anos, o imunizante se mostrou mais de 94% eficaz.

Tecnicamente, se uma vacina tem 95% de eficácia, a pessoa que receber o imunizante terá 95% menos chance de pegar a doença. Segundo a farmacêutica, todos os dados exigidos pela agência americana de saúde, Food and Drug Administration (FDA), para a Autorização de Uso de Emergencial foram alcançados.

A partir disso, a Pfizer afirmou que pretende entrar com o pedido de uso emergencial da sua vacina "em poucos dias".

No Brasil

A vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech está sendo testada no Brasil. Nesta terça-feira (17), o Ministério da Saúde disse que recebeu executivos da Pfizer.

"O objetivo é conhecer os resultados dos testes em andamento e as condições de compra, logística e armazenamento oferecidas pelo laboratório. A aquisição dos imunizantes deve ocorrer à medida em que os ensaios clínicos apontarem a total eficácia e segurança dos insumos e o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) for realizado", ressaltou a pasta.

Comentários

Tops da Gazeta