últimas notícias
Peru proibiu voos para o Brasil ou vindos da Europa para conter o avanço da Covid; na foto, o aeroporto internacional Jorge Chávez
Peru proibiu voos para o Brasil ou vindos da Europa para conter o avanço da Covid; na foto, o aeroporto internacional Jorge Chávez
Foto: Minsa/Peru

Peru anuncia lockdown e proíbe viagens ao Brasil para conter o avanço da Covid-19

Lima e outras nove regiões do país entrarão em lockdown a partir do próximo domingo (31) até pelo menos 14 de fevereiro

O Peru vai entrar em lockdown e proibir voos para o Brasil ou vindos da Europa para tentar conter as novas cepas da Covid-19 no país. Nesta terça-feira (27), o presidente interino do Peru, Francisco Sagasti, anunciou que a capital, Lima, e outras nove regiões do país entrarão em lockdown a partir do próximo domingo (31) até pelo menos 14 de fevereiro.

Além disso, o governo peruano recomendou trabalho remoto, fechamento de todas as lojas não essenciais, além de cassinos, igrejas e academias, e a proibição de voos para o Brasil ou vindos da Europa, em uma tentativa de conter novas cepas mais contagiosas do coronavírus.

"Nos últimos dias, testemunhamos o rápido aumento de contágios por Covid-19. Todos devemos contribuir para que o sofrimento não se estenda a novas pessoas", disse Sagasti, ao justificar a medida, durante um pronunciamento à nação.

O Peru já tem 1,1 milhão de casos e 40 mil mortes por coronavírus.

O presidente disse ainda que está prevista "para os próximos dias" a chegada do primeiro dos 38 milhões de doses de vacinas encomendadas da chinesa Sinopharm e que a vacinação deve começar em fevereiro.

 

Comentários

Tops da Gazeta