últimas notícias
Tendência global, a venda de Chromebooks cresceu mais de três dígitos no primeiro trimestre de 2021
Tendência global, a venda de Chromebooks cresceu mais de três dígitos no primeiro trimestre de 2021
Foto: Divulgação

Vendas de chromebooks crescem mundialmente no 1º trimestre

Crescimento é impulsionado por investimento de instituições de ensino; tendência também se reflete no Brasil

Tendência global, a venda de Chromebooks cresceu mais de três dígitos no primeiro trimestre de 2021, se comparada ao mesmo período no ano passado. Os números estão em pesquisa divulgada pela Gartner, uma das principais consultorias mundiais, e apontam o investimento de instituições de ensino como o principal fator para este avanço exponencial.

Para o vice-presidente TI da Golden Distribuidora, líder na distribuição do equipamento pelo Brasil, Fábio Gaia, a educação brasileira já está em uma nova fase. “É crescente a demanda das escolas, instituições e redes de ensino pelos Chromebooks. A pandemia da Covid-19 acelerou as mudanças e integrou definitivamente o online na rotina diária do estudante”, afirma.

Impulsionado por esta demanda, o mercado de PCs e notebooks também registrou aumento de 55% nas vendas no mundo, com mais de 82,7 milhões de unidades comercializadas neste período. Os dados são de outra consultoria referencial do segmento, a Canalys.

Gerenciados pelo Chrome Education Upgrade (CEU), os Chromebooks têm atendido às exigências dos pais e da comunidade escolar em geral quanto à proteção dos dados dos estudantes. Além disso, custam menos que os laptops convencionais.

Profissional responsável pela área de TI do Colégio Arco-Íris/Evolução, em Embu Guaçu (SP), Alexandre de Souza comenta que, por ser um dispositivo criado especificamente para fins de ensino, o equipamento tem favorecido o aprendizado. “O desempenho, a confiabilidade e os aspectos funcionais e de acessibilidade permitem uma experiência bastante proveitosa”, diz.

Entre os recursos estão mais de 200 políticas de segurança, um sistema de proteção de dados individualizado por abas e também perante sites e usuários mal-intencionados, além de um bloqueio que impede a entrada de desconhecidos nos perfis cadastrados e mantém as políticas e configurações de segurança da escola.

Comentários

Tops da Gazeta