Publicidade

X
AMBER HEARD X JOHNNY DEPP

Amber Heard afirma que Johnny Depp a agrediu durante lua de mel

Heard ainda afirmou ter medo que Depp a matasse; Além disso, ela relembrou de uma briga que teve com o ator em seu aniversário de 30 anos

Publicidade

Johnny Depp e Amber Heard em julgamento / Reprodução Twitter

O julgamento entre Johnny Depp, 58, e Amber Heard, 36, foi retomado nesta segunda-feira (16), e seguiu com o testemunho da atriz, após uma semana paralisado. Ela chegou a afirmar que foi "enforcada" com uma camisa pelo ex-marido e astro do cinema.

A briga teria acontecido no ano de 2015, durante a Lua de Mel do ex-casal. "Toda vez que ele me puxava para longe da lateral do carro, ele me jogava contra a parede", disse a atriz. "Ele arrancou a própria camisa e envolveu em volta do meu pescoço e foi assim que eu acordei na manhã seguinte, com ela ainda no pescoço e um nó gigante na parte de trás da cabeça,"

Os dois atores se casaram em fevereiro de 2015 e fizeram sua lua de mel no trem Expresso do Oriente em julho daquele ano, depois que Depp terminou de filmar o quinto filme da saga “Piratas do Caribe”.

Questionada por seus advogados, Heard disse que o casal discutiu se Depp deveria beber durante a viagem. Ela disse que eles tinham um relacionamento amoroso quando Depp estava sóbrio, mas que ele muitas vezes se tornava violento quando bebia ou usava drogas.

Em um vagão dormitório do trem, disse Heard, Depp deu um tapa no rosto dela e bateu repetidamente seu corpo contra uma parede. Ele então tirou a camisa e a enrolou no pescoço dela, disse a atriz ao júri.

Heard ainda afirmou ter medo que Depp a matasse. Além disso, ela relembrou de uma briga que teve com o ator em seu aniversário de 30 anos.

A atriz disse que ele a agarrou e perguntou: "Você quer ser durona como um homem?", e que ela precisou usar a palavra de segurança do casal –"sofá"– para ele parar.

Ela ainda negou que fosse culpada pelo cocô encontrado na cama de Depp. A artista alegou que o culpado seria o cachorro do ator, chamado Boo, que teria passado por problemas intestinais após comer maconha do esconderijo do artista.

Heard diz que antes de ela e suas amigas irem para o Coachella, os cachorros estavam em cima da cama, e foi quando o incidente aconteceu. O ator diz que as fezes eram grandes demais para o cachorro, que na época era um filhote, produzir.

Em um depoimento anterior, o motorista de Johnny Depp Starling Jenkins afirmou que Heard disse a ele que defecou como uma "brincadeira que deu errado". Porém, nesta segunda-feira, a advogada da atriz perguntou se ela realmente fez as necessidades fisiológicas na cama como uma pegadinha.

"Absolutamente não. Em primeiro lugar, não acho isso engraçado. Eu não conheço uma mulher adulta que ache. Não estava no clima para pegadinhas. Estava em uma encruzilhada na minha vida, tinha acabado de ser atacada no meu aniversário de 30 anos pelo meu marido violento, por quem estava apaixonada. Não acho aquilo divertido, acho nojento", respondeu Amber Heard.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

OPORTUNIDADE

Cate-SP tem 700 vagas de emprego com inscrições até quarta-feira

As candidaturas podem ser realizadas pela internet ou presencialmente nas unidades do Cate da Capital

SEGURANÇA PÚBLICA

Taxa de homicídios no estado de SP é a mais baixa da história

Pela primeira vez, Segurança Pública do Estado registra índice menor que 6 ocorrências por 100 mil habitantes nos últimos 12 meses

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software