X

PENITENCIÁRIA NO HAITI

Após fuga de detentos, governo haitiano declara emergência e toque de recolher

Ataque deixou pelo menos 10 mortos; além de facilitar a fuga de milhares de detentos

Yasmin Gomes

Publicado em 05/03/2024 às 11:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Estado de emergência foi decretado no departamento Ouest, que inclui a capital do país, Porto Príncipe, e um toque de recolher entre 18h e 5h de domingo a quarta-feira / Agência Efe/Folhapress

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

No último domingo (3), o governo haitiano decretou toque de recolher noturno e estado de emergência em Porto Príncipe. A decisão foi tomada após um ataque que deixou pelo menos 10 mortos e facilitou a fuga de milhares de detentos de uma penitenciaria. 

O estado de emergência foi decretado no departamento Ouest, que inclui a capital do país, Porto Príncipe, e um toque de recolher entre 18h e 5h de domingo a quarta-feira (6), informou um comunicado oficial. Ambos poderão ser prolongados.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O ministro da Economia, Patrick Michel Boisvert, assinou o decreto como primeiro-ministro em exercício do país. O governo indicou que o objetivo das restrições é "restabelecer a ordem e tomar as medidas apropriadas para recuperar o controle da situação".

Peru impõe toque de recolher em região onde protestos provocaram 18 mortes em um dia

O toque de recolher foi instaurado "devido à deterioração da segurança" em Porto Príncipe, onde são registrados "atos criminosos cada vez mais violentos perpetrados por gangues armadas", afirma o comunicado. "As forças de segurança receberam ordens para utilizar todos os recursos legais à disposição para fazer cumprir o toque de recolher e prender todos os infratores", acrescenta a nota oficial. o texto conta com informações do "G1". 

Crise política, humanitária e de segurança

Desde o assassinato do presidente Jovenel Moïse em 2021, o Haiti enfrenta uma forte crise política, humanitária e de segurança. As instituições de segurança estão sobrecarregadas pela violência instaurada pelas gangues, que assumiram o controle de áreas inteiras do país caribenho, inclusive a capital.

Pelo menos dez pessoas morreram depois que grupos criminosos atacaram na noite de sábado (2) a Penitenciária Nacional de Porto Príncipe, resultando na fuga de detentos. "Foram contabilizados muitos corpos de detentos", declarou no domingo (3) o diretor executivo da ONG Rede Nacional de Defesa dos Direitos Humanos (RNDDH), Pierre Espérance.

VÍDEO: Deslizamento de rochas atinge caminhões que transitavam em rodovia no Peru

Desde quinta-feira (29), gangues armadas atacaram locais estratégicos da capital, alegando que pretendiam derrubar o governo do polêmico primeiro-ministro Ariel Henry, que está no poder desde 2021 e deveria ter abandonado o cargo no início de fevereiro.

No sábado (2), policiais "tentaram repelir um ataque de grupos criminosos à Penitenciária Nacional e à prisão Croix des Bouquets", informou o governo haitiano. Os ataques deixaram presos e funcionários do sistema penitenciário feridos.

A polícia nacional anunciou que fará "tudo o que estiver ao seu alcance para localizar os prisioneiros fugitivos e prender os responsáveis pelos atos criminosos e os seus cúmplices".
Ainda não foi possível determinar quantos detentos fugiram da prisão de Croix des Bouquets, segundo Pierre Espérance.

Criminosos comuns, líderes de gangues e os acusados pelo assassinato do presidente Jovenel Moïse estavam na Penitenciária Nacional, que fica a poucas quadras do Palácio Nacional. 

*Texto sob supervisão de Matheus Herbert

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MOBILIDADE URBANA

Linha 6-Laranja: túneis se encontram na zona norte de SP

Cerimônia celebrou o encontro dos túneis da futura estação Brasilândia e do Pátio Morro Grande

Leilão de veículos

Detran-SP realiza leilão online com lances a partir de R$ 2 mil

Carros conservados e sucatas disponíveis; visite e faça seu pré-lance em julho

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter