X

MUNDO

OMS afirma que uma a cada oito pessoas são obesas

Cerca de mais de 1 bilhão de pessoas são obesas; obesidade entre crianças quadruplicou desde 1990

Yasmin Gomes

Publicado em 01/03/2024 às 16:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Cerca de mais de 1 bilhão de pessoas no mundo são obesas e 43% dos adultos estão acima do peso / Towfiqu barbhuiya na Unsplash

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Nesta sexta-feira (1°) a OMS alertou em nota que em todo o planeta a obesidade entre crianças e adolescentes, com idade entre 5 e 19 anos, quadruplicou desde 1990 e mais que duplicou entre os adultos. A Organização Mundial da Saúde divulga que o novo estudo feito pelo jornal científico Lancet mostrou que, em 2022, cerca de mais de 1 bilhão de pessoas no mundo são obesas e que 43% dos adultos estão acima do peso.

Obesidade cresceu em crianças e adolescentes brasileiras na pandemia

O estudo afirma que, embora as taxas de subnutrição tenham diminuído, ainda é um desafio de saúde pública em muitos continentes, especialmente no Sudeste Asiático e na África Subsaariana. Os países com as taxas combinadas mais elevadas de baixo peso e obesidade em 2022 foram as nações insulares do Pacífico, as caribenhas, do Médio Oriente e do Norte de África, de acordo com a OMS.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A subnutrição inclui atrofia, atraso no crescimento, baixo peso, falta de vitaminas ou minerais, excesso de peso e obesidade. A subnutrição é responsável por cerca de 50% das mortes de crianças menores de 5 anos e a obesidade pode causar doenças como doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer.

A OMS reforça a importância de prevenir e controlar a obesidade desde o início da vida até a vida adulta, por meio de dietas adequadas e atividade física. 

Ano Novo, corpo novo

“As causas são bem compreendidas, assim como as intervenções necessárias para conter a crise, que são apoiadas por fortes evidências. No entanto, eles não são implementados. Na Assembleia Mundial da Saúde, em 2022, os Estados-Membros adotaram o Plano de Aceleração da OMS para travar a obesidade , que apoia a ação a nível nacional até 2030. Até a data, 31 governos estão a liderar o caminho para conter a epidemia de obesidade através da implementação do plano.”, afirma a OMS em nota.

As principais intervenções de acordo com a entidade são:

  • Ações para apoiar práticas saudáveis desde o primeiro dia, incluindo promoção, proteção e apoio à amamentação;
  • Regulamentos sobre a comercialização prejudicial de alimentos e bebidas para crianças;
  • Políticas de alimentação e nutrição escolar, incluindo iniciativas para regular a venda de produtos ricos em gorduras, açúcares e sal nas proximidades das escolas;
  • Políticas fiscais e de preços para promover dietas saudáveis;
  • Políticas de rotulagem nutricional;
  • Campanhas de educação e sensibilização públicas para dietas saudáveis e exercício;
  • Padrões para atividade física nas escolas;
  • Integração dos serviços de prevenção e gestão da obesidade nos cuidados de saúde primários.

*Texto sob supervisão de Matheus Herbert

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Não perca essa oportunidade

Cidade no interior de SP encerra inscrições de novo concurso nesta sexta

Prefeitura Municipal de Jahu têm processo seletivo têm salários que chegam a R$ 6.008,73

DROGAS NO LITORAL

Depósito com uma tonelada de cocaína é encontrado no Guarujá

Cães farejadores encontraram as drogas em meio a sucatas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter