X

ESTUDANTE DE 17 ANOS

EUA: Professora de 25 anos é presa por manter relações sexuais com aluno em cemitério

Cali Heikes foi presa após ser acusada de buscar o aluno em casa e o levar para o cemitério, onde aconteciam as relações, segundo autoridades locais

Folhapress

Publicado em 30/01/2023 às 16:38

Atualizado em 30/01/2023 às 16:46

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Cali Heikes, professora de 25 anos, foi presa por manter relações sexuais com aluno de 17 anos. Ato é proibido nos EUA / Reprodução e Google/Street View

Uma professora de 25 anos, moradora de Nebraska, nos Estados Unidos, foi acusada de ter relações sexuais com um estudante de 17 anos. Cali Heikes foi presa após ser acusada de buscar o aluno em casa e o levar para o cemitério, onde aconteciam as relações, segundo autoridades locais.

A prisão foi confirmada após um deputado receber uma ligação do Departamento de Saúde e Recursos Humanos, no último dia 20 de janeiro, afirmando que a professora estava se relacionando com o aluno, segundo documentos judiciais acessados pelo Daily Star.

O mesmo deputado afirma que a situação foi descoberta após um policial parar o carro que o estudante estava conduzindo, e o perguntar para onde ia, no último dia 12 de janeiro. O adolescente afirmou que iria visitar o cemitério com sua "amiga Cali".

Dias depois, quando a polícia abordou a irmã do estudante, ela teria contado que a professora entrava no quarto do estudante durante a noite para se envolver em "brincadeiras quentes". Ela acrescentou que o casal se encontrava duas ou três vezes por semana fora de casa. As autoridades encontraram também mensagens de texto entre os dois.

Além disso, outros membros da família teriam dito aos policiais que o menino os questionou como reagiriam se "ele estivesse namorando uma pessoa de 25 anos".

Embora a idade de consentimento para relações sexuais em Nebraska seja de 16 anos, o sexo entre um professor e um aluno é considerado ilegal no estado devido à autoridade que um professor tem sobre um aluno, e o ato é considerado um crime de Classe IIA.

Se condenada, Heikes pode pegar até 20 anos de prisão. A professora pagou fiança de $2.000, ou seja, cerca de R$10.257 - um dia depois de ser presa.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Confira o resultado da Lotomania no concurso 2626, nesta segunda

O prêmio é de R$ 600.000,00

Brasil

Confira o resultado da Dupla Sena no concurso 2667, nesta segunda

O prêmio é de R$ 350.000,00

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter