X

ELA VEM AÍ

Super Bowl: 'Representatividade é o centro da performance', diz Rihanna durante coletiva

Cantora disse que precisou fazer 39 versões diferentes da lista de músicas que irá performar neste domingo; Rihanna é uma das artistas mais conhecidas e elogiadas da indústria musical

Matheus Herbert e Joe Silva

Publicado em 09/02/2023 às 23:58

Atualizado em 10/02/2023 às 00:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Rihanna durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira / CAROLINE BREHMAN/ EFE/EPA

Na tarde desta quinta-feira (9) a cantora Rihanna, atração do Super Bowl, deu uma coletiva de imprensa e deixou os fãs e o público em geral com ainda mais expectativa para sua apresentação de domingo (12). A cantora de Barbados disse que a performance vai ter como centro a representatividade, focando em imigrantes e no povo negro. Além disso, a estrela afirmou que o setlist (a lista de músicas que irá cantar) foi a parte mais difícil de se decidir.  

“Representatividade para imigrantes, para pessoas negras, para que pessoas vejam as possibilidades. Estou muito ansiosa para ver Barbados no centro”, comentou a cantora durante a coletiva realizada pela Apple Music. O evento pode ser assistido na íntegra a seguir.

Ainda no evento, Rihanna disse que tem trabalhado intensamente nos ensaios para o Super Bowl. “Estou tão focada no Super Bowl que esqueci que completo aniversário nos próximos dias… também esqueci que os dias dos namorados está chegando…”.

Setlist foi a parte mais difícil da preparação do show

A artista revelou que, entre os trabalhos que antecedem a sua apresentação de domingo, a parte que mais gerou dificuldade foi a definição do setlist.

“A setlist foi a parte mais difícil. Decidir como maximizar o tempo e como celebrar meu catálogo da melhor forma. Perdemos algumas canções, mas faz parte. Acho que já tivemos 39 versões de setlist”.

Com relação a se apresentar no Super Bowl após ter se tornado mãe, Rihanna declarou que 'só poderia ter sido agora'. "Quando você se torna mãe, algo acontece e você sente que pode conquistar o mundo; e esse é um dos maiores palcos do planeta. Estar no palco do Super Bowl após 7 anos é assustador e desafiador. É importante para o meu filho me ver”, concluiu a cantora.

Expectativa e importância 

A expectativa para a apresentação da estrela mundial é muito grande, já que ela não canta ao vivo há mais de seis anos e ainda pode se tornar a maior audiência da história do evento.Atualmente, o recorde é da também cantora pop Katy Perry. 

Para um artista, realizar uma apresentação no intervalo do Super Bowl, sempre transmitido ao vivo pela TV, é considerada uma das maiores honras em suas carreiras. No início, ícones da música como Michael Jackson, Diana Ross e Prince definiram o padrão exagerado e espetacular das performances, e as estrelas de hoje continuam elevando os patamares. 

Rihanna completará 35 anos oito dias após sua apresentação no Super Bowl. Embora não tenha lançado nenhum álbum desde o seu último, Anti, em 2016, ela continua sendo uma das artistas mais conhecidas e elogiadas da indústria musical. Rihanna coleciona mais de 300 prêmios na área, incluindo nove Grammys (considerado o mais importante da área musical) e oito VMAs. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Oportunidade em Guarulhos

Feira de empregos: prefeitura e institutos devem oferecer 200 vagas em evento

Para participar dos processos seletivos é necessário levar um documento de identificação original e o currículo atualizado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter