Publicidade

X

Capital

Chuva mantém alagamento no bairro Vila Itaim, na zona leste de São Paulo

Bruno Hoffmann

Publicado em 13/02/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Não é de hoje que moradores da Vila Itaim, na zona leste da capital paulista, enfrentam ruas alagadas após o período de chuvas. O cenário já faz parte da rotina do bairro há pelo menos três décadas. Há a presença de água suja e risco de doenças, fato que preocupa os munícipes que moram na região.

Nesta terça-feira, a chuva que atingiu o bairro durante a manhã provocou a elevação do nível de alagamento. A situação se agravou nos últimos sete dias e a água não baixa.

A Comissão de Moradores do Jardim Romano informa nas redes sociais que na sexta-feira (15) irá acontecer uma reunião às 10h na rua Alfredo de Melo, 47, para tratar do assunto. A entidade cobra respostas para os seguintes problemas: água que retorna pelo esgoto, obra do córrego Itaim e atuação da Defesa Civil.

Enquanto isso, o governo do Estado, a quem cabe realizar as obras que poderiam reduzir ou eliminar o recorrente problema, e a prefeitura, que deveria retirar os moradores dessa área à margem do rio Tietê, ocupada irregularmente há décadas, ainda divergem sobre as responsabilidades e obrigações de cada um.

"Pagamos impostos altos e ainda enfrentamos enchentes. Sempre que chove ficamos ilhados e há muitas crianças no bairro. Não podemos conviver desta forma. A água suja também provoca doenças, além dos transtornos", disse o morador Peterson Lima.

Em protesto na manhã desta terça-feira, moradores fecharam com madeiras a avenida Marechal Tito, no bairro do Itaim Paulista. "O problema já persiste há anos. Precisamos de uma solução urgente", cobrou o motorista Antônio Domingos.

No dia 7 de fevereiro, a Prefeitura Regional de São Miguel Paulista informou por uma rede social que realizou bombeamento d'água para a limpeza da rua Aramaçã, na Vila Itaim, local onde uma creche também foi atingida por alagamento. As ruas Freguesia das Várzeas e Rio Manoel Alves também estão entre as vias atingidas pelas chuvas.

PREVISÃO.

De acordo com o portal do Climatempo, a cidade de São Paulo terá chuvas durante a tarde desta quarta-feira.

À noite pode chuviscar e o céu vai continuar nublado. A temperatura máxima prevista é de 23°, e a mínima, 18°.

A quinta deve manter o mesmo clima, com chuvas durante o dia e à noite. A máxima será de 24°. Já a temperatura mínima está prevista para ser de 17°. (EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ÁGUA NA BOCA

Não sabe qual sobremesa fazer na Páscoa? confira 4 receitas fáceis de fazer

Cozinheiro deu 4 dicas de receitas de sobremesas para fazer no domingo de Páscoa; confira nesta reportagem da Gazeta

HISTÓRIAS E BIOGRAFIA

Ana Hickmann, 43 anos: Conheça história e polêmicas da apresentadora

Apresentadora, modelo e empresária de sucesso; Ana Hickmann tem uma carreira repleta de curiosidades

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter