Publicidade

X

Litoral Norte

Indígenas são contra mudança na saúde

NELY

Publicado em 05/04/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Em reunião realizada na manhã de quarta-feira com indígenas guaranis das aldeias Boa Vista, Renascer e Rio Bonito, o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, afirmou que levará ao governo federal uma posição contrária à proposta de municipalização da saúde indígena, feita pelo atual ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Os povos indígenas do País vêm denunciando que a municipalização significa a extinção do sub-sistema de atendimento pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), órgão vinculado ao Ministério da Saúde.

A comunidade destaca que uma eventual municipalização da Sesai implicará em aumento da sobrecarga da rede de postos da atenção básica do SUS, ônus para o município e, principalmente, em maior desamparo dessa comunidade. Na carta entregue ao prefeito, as lideranças destacam que para assegurar uma política diferenciada de atenção à saúde dos povos indígenas é preciso "respeitar as formas tradicionais de prevenção de doenças e manutenção da saúde, assim como os distintos conceitos de saúde e doença, do adoecimento, da cura, da garantia de condições de vida e ainda haver participação das representatividades dos povos indígenas e de suas organizações no controle social, na elaboração das políticas, no planejamento e execução orçamentário e nas ações da gestão". (GSP)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Taboão da Serra inicia entrega do uniforme escolar

Expectativa é que até o dia 15 de março todos os estudantes tenham recebido o kit completo

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter