Publicidade

X

Grande São Paulo

Moradores voltam a reclamar de água suja nas torneiras

EM TABOÃO. Sabesp disse que houve problemas técnicos que ocasionaram alterações nos parâmetros estéticos da água

Bruno Hoffmann

Publicado em 15/05/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Moradores da cidade de Taboão da Serra voltam a reclamar de água suja saindo das torneiras / / Divulgação

Moradores dos bairros Jardim Santa Cruz, São Judas, Vila Indiana e Jardim Elizabeth, em Taboão da Serra, afirmaram na última
segunda-feira que a água que sai das torneiras continua amarela, quase como barro. Não dá pra lavar roupas e tão pouco beber ou
cozinhar.

A classe política da cidade está se mobilizando. Recentemente foi realizada uma audiência pública para discutir o assunto, porém nenhum representante da Sabesp compareceu. Em nota, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) disse que houve problemas técnicos no início do ano no processo de tratamento da água que ocasionaram alterações nos parâmetros estéticos da água, mas que foram feitos ensaios laboratoriais e não foram encontradas características que causasse risco a saúde da
população.

"Eu sequer consigo lavar roupa com a água nessa cor porque mancha tudo. Imagina se eu vou beber ou cozinhar. Estamos comprando água, isso é um absurdo, eu pago a conta e não posso utilizar o produto. Quem vai beber essa água, como isso não faz mal à saúde? Em minha opinião é impossível", dispara a moradora do Jardim Elizabeth, Joana Firmino.

A Sabesp informou que "um técnico irá ao endereço passado pela reportagem para verificar a situação". Ainda de acordo com a nota, "a Sabesp vai dar desconto na conta de água dos moradores de Taboão da Serra e Embu das Artes referente ao consumo no período de 10 a 15 de fevereiro e de 7 a 9 de março. A unidade local da Sabesp fará a verificação dos registros para confirmação do benefício. Os moradores podem ligar na Central de Atendimento da Companhia, 0800 011 9911, para solicitar o desconto".

Desde que o problema com a coloração da água fornecida pela Sabesp surgiu, a concessionária limita-se a dizer que não a riscos para a população, porém não apresenta uma solução para acabar com o problema e também não divulga um prazo para que isso ocorra.

OUTROS BAIRROS.

Em março deste ano, moradores dos bairros Parque Jacarandá, Jardim Salete, Jardim Leme e Jardim Silvio Sampaio, também em Taboão da Serra, reclamaram da qualidade da água oferecida pela Sabesp. "A água barrenta mancha as roupas. Beber e cozinhar nem pensar, não vou usar essa água para minha família. Não sei mais o que fazer. Essa situação é absurda", reclamou Cristina Gomes, moradora do Jardim Leme.

Na época, a Sabesp também informou que enviaria técnicos aos endereços que apresentaram reclamações e que acompanhava a qualidade da água na região.
(Portal O Taboanense e GSP)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Taboão da Serra inicia entrega do uniforme escolar

Expectativa é que até o dia 15 de março todos os estudantes tenham recebido o kit completo

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter