Publicidade

X

Capital

Parelheiros ganha Casa de Cultura

OPÇÃO DE CULTURA. Espaço foi aberto ao público na quinta edição do Mutirão dos Bairros, que aconteceu neste sábado na zona sul

Vanessa Zampronho

Publicado em 07/05/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A inauguração fez parte do Mutirão nos Bairros, ação de zeladoria e orientações gerais para a população / /GILDSON DI SOUZA/SECOM/PREFEITURA DE SÃO PAULO

A população de Parelheiros, distrito localizado no extremo da zona sul de São Paulo, conta agora com um espaço público destinado às manifestações culturais. A Casa de Cultura, inaugurada neste sábado, traz atividades variadas como aulas de dança, saraus, passeio ciclístico, feira de artesanato e apresentações musicais.

É o primeiro espaço público voltado para a cultura no distrito. "Essa é mais uma das tantas obras que encontramos inacabadas e que resolvemos finalizar. A pior obra é a obra parada", afirmou o prefeito Bruno Covas, presente ao evento. O secretário de Cultura da Capital, Alê Youssef, também compareceu à inauguração. "A Casa de Cultura será o ponto focal no extremo sul para fazer cultura de qualidade e irradiar o que é feito na periferia para o centro e para toda a cidade".

A inauguração aconteceu junto com o Mutirão nos Bairros, programa da prefeitura que visita distritos da cidade e realiza diversas ações. Na parte de zeladoria, desde a última quinta-feira (2), nove equipes trabalharam na operação tapa-buraco, limpeza, poda de árvores, plantio de grama, limpezas de córregos e galerias de águas pluviais.

Os moradores também tiveram acesso a vários serviços da prefeitura. Na área da saúde, medição da pressão arterial, avaliação odontológica, testes de glicemia, vacinação contra febre amarela e gripe para os grupos prioritários, distribuição de preservativos e informações sobre doenças sexualmente transmissíveis.

A população também teve acesso a serviços do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), com orientações sobre vagas de emprego e emissão de carteira de trabalho. A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência levou informações a respeito de programas culturais, acessibilidade digital e programas de estágio para estudantes com deficiência.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) esteve aberto no dia e realizou o cadastramento de famílias em situação de vulnerabilidade social. Já a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania fez palestras sobre discriminação, preconceito e racismo, além de orientar mulheres sobre o atendimento nos Centos de Cidadania da Mulher.

Uma van da Cohab na Área auxiliou a população com a elaboração de contratos, pagamento de boletos e transferências, além de fornecer informações importantes sobre vida em condomínio, e segurança dentro de casa com aparelhos eletroeletrônicos, especialmente os carregadores de celular, que podem causar acidentes se ficarem conectados à rede elétrica por muito tempo.

A Sabesp marcou presença também, com uma unidade móvel para atender os moradores na retirada de segunda via de conta de água, parcelamento de dívidas, distribuição de folhetos informativos.

Esta foi a quinta edição do Mutirão nos Bairros. A iniciativa já havia acontecido nos distritos de São Mateus, Santo Amaro, Guaianases e Capão Redondo. Foi neste último, que aconteceu em 27 de abril, que o prefeito Bruno Covas anunciou o programa de tapar 40 mil buracos em 40 dias, e que 540 mil buracos serão tapados na cidade até 2020.

De acordo com a gestão municipal, o prefeito vai estar em cada fim de semana em um bairro diferente para fazer um mutirão de serviços à população, especialmente nos bairros periféricos da Capital. (GSP)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians é eliminado do Campeonato Paulista

Agora, o clube terá que conquistar a vaga na Copa do Brasil de 2025 de outro jeito

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter