X

Cachê da Virada Cultural

Prefeitura de SP deve se manifestar sobre cachê de Ludmilla na Virada Cultural

Na ação, Holiday argumenta que a cantora fez a letra 'L' com a mão em alusão a pré-candidatura presidencial de Lula

Pedro Nastri

Publicado em 03/06/2022 às 15:35

Atualizado em 03/06/2022 às 15:49

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Virada Cultural 2022 / Divulgação/Prefeitura de SP

Foi dado um prazo de 72 horas pela Justiça de São Paulo para que a prefeitura da capital se manifeste em relação a um processo que pede a suspensão do cachê pago na Virada Cultural para a cantora Ludmilla. A decisão foi determinada pelo juiz Kenichi Koyama, da 15ª Vara da Fazenda Publica do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em uma ação proposta pelo vereador Fernando Holiday (Novo). Na ação, Holiday argumenta que durante show da Virada Cultural, a cantora fez com a mão a letra “L” em alusão a pré-candidatura presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Moro rejeitado

O União Brasil parece não saber o que fazer com Sérgio Moro. O ex-juiz, que trocou o Podemos pela sigla nos últimos momentos, acabou perdendo a chance de disputar a presidência e agora também é rifado pelo partido na disputa pelo Senado em São Paulo. O nome escolhido pela cúpula da legenda é Milton Leite, tradicional político da cidade de São Paulo e sempre eleito vereador com votação expressiva. A escolha foi feita de forma a manter o acordo do União Brasil em apoio ao governador Rodrigo Garcia (PSDB). Ninguém da composição queria o ex-juiz como candidato a senador porque a rejeição dele poderia colar.

O jogo de Janaina Paschoal

Apesar de ter desviado da ideia de ser candidata a vice de Jair Bolsonaro (PL) em 2018, a deputada estadual Janaina Paschoal (PRTB), disse que estaria disposta a se candidatar ao cargo nas eleições de 2022, caso houvesse um convite do atual presidente da República. No passado, Janaina resistiu à ideia por não querer se mudar de São Paulo para Brasília. Em entrevista, a deputada comentou: “Se eu conseguisse sentar com ele, entender o que ele planeja para seu próximo mandato, estaria tendente a aceitar. Até porque acho que agrego muito voto para ele. Sou muito mais moderada. Sou muito mais ponderada, defensora de todas as garantias, de todas as liberdades”. A parlamentar também argumentou que, se fosse candidata a vice-presidente, “quebraria um pouco esse medo que as pessoas têm de qualquer quebra institucional” com o atual presidente no poder, e disse que “daria uma garantia em termos de respeito à Constituição Federal”.

Bienal do Lixo

A primeira edição da Bienal do Lixo de São Paulo, um projeto cultural que aconteceu no Parque Villa-Lobos, reuniu obras de arte feitas a partir de material de descarte, intervenções artísticas, oficinas, mostra de cinema, palestras e painéis sobre o tema. O evento, que contou com exposição de arte com materiais que foram descartados, propõe uma reflexão sobre desperdício de lixo, o impacto ao planeta, bem como sobre a nossa responsabilidade perante o destino do lixo. Segundo dados de 2018/19 do Fundo Mundial para a Natureza, WWF (World Wide Fund for Nature), o Brasil produz cerca de 55 trilhões de quilos de lixo por ano, em média 1,15 kg de lixo produzido diariamente por cada brasileiro, sendo que deste total apenas 1,28% é reciclado.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ASSASSINATO

GCM prende suspeito de matar mulher achada em carro abandonado

A vítima, Rute do Prado, foi encontrada apenas de calcinha e com o rosto coberto por um pano, o crime aconteceu no dia 18 de julho

Turismo

Conheça 5 roteiros de carro para explorar no inverno brasileiro

Descubra paisagens deslumbrantes, festivais culturais e a rica gastronomia que essas cidades têm a oferecer

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter