X

LITORAL

Santos terá polo de turismo de aventura com a criação do Parque Ambiental Alto da Montanha

Anúncio foi feito na manhã deste sábado (21) pelo prefeito Rogério Santos, antes de iniciar a antiga trilha do Boi Morto

Da Reportagem

Publicado em 21/01/2023 às 15:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Area com 193 mil m² no Morro da Nova Cintra tem cinco trilhas de fácil e média dificuldades para serem exploradas / Isabela Carrari/PMS

Santos vai ingressar pra valer no chamado turismo de aventura com a criação do Parque Ambiental Alto da Montanha, área com 193 mil m² no Morro da Nova Cintra, onde existem cinco trilhas de fácil e média dificuldades para serem exploradas.

O anúncio foi feito na manhã deste sábado (21) pelo prefeito Rogério Santos, antes de iniciar a antiga trilha do Boi Morto para reconhecimento do percurso de cerca de 1,5 quilômetro com um grupo convidado. No novo contexto turístico, a trilha, que chega a cerca de 700 metros de altitude em seu ponto mais alto e demanda por volta de uma hora de caminhada, ida e volta, ganhará uma nova denominação.

“Queremos transformar a Cidade também em referência no ecoturismo”, afirmou o prefeito, lembrando que o turismo em Santos está mais focado na área urbana, sobretudo no Centro Histórico e na praia. “É preciso aproveitar a vocação do município, que conta com trilhas nos morros e uma área continental, em sua maior parte classificada como área de proteção ambiental.” 

CINCO TRILHAS 

De acordo com o ouvidor municipal, Rivaldo Santos, o futuro Parque Ambiental Alto da Montanha nasce já com cinco trilhas, que poderão ser exploradas: Pico do Lajão (nível fácil, de onde se descortinam os morros, Zona Noroeste, Ponta da Praia e Guarujá), Pico do Urubu (nível fácil, de onde se avista a Zona Noroeste), do Boi Morto (fácil a médio; é possível apreciar a Cidade, parte da Nova Cintra, parque industrial de Cubatão, orla e Guarujá), da Pedreira (fácil a média; vista para São Vicente) e Parque Voturuá (média dificuldade; vista para São Vicente).

A Lagoa da Saudade será um dos receptivos para os passeios, onde as bordadeiras do Morro da Nova Cintra exporão seus trabalhos inspirados na Ilha da Madeira (Portugal), assim como artesãos.

A Prefeitura está em processo de negociação com a família Kieffer, proprietária da área, que integrava o loteamento Parque da Montanha, e desapropriou o terreno do futuro parque como compensação de dívidas, já registrado em cartório.

Cursos qualificarão servidores em turismo de aventura e monitor ambiental

Ainda neste semestre, em parceria com o Senac, terão início cursos de condutor de turismo de aventura e de monitor ambiental, este último obedecendo a critérios da Fundação Florestal do Estado de São Paulo. Os cursos têm por objetivo qualificar funcionários públicos interessados em atuar nessas atividades.

A criação do parque ambiental é uma forma de incentivar os santistas a conhecer e se apropriar dos recursos existentes na Cidade. “Só assim é possível dar importância ao bioma local e proteger essa propriedade santista”, comentou o secretário Marcos Libório, da Secretaria do Meio Ambiente (Semam), que integrou o grupo.

Já a secretária Selley Storino, da Secretaria de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo (Seectur) destacou a importância da qualificação de condutores de turismo de aventura e de monitores ambientais. “Os cursos garantirão a condução de turistas e santistas com segurança e responsabilidade, colaborando no conhecimento, na preservação ambiental e com o turismo.”

Integraram também o grupo de reconhecimento da Trilha do Boi Morto o secretário Adriano Leocádio, de Finanças (Sefin); Leandro Vasconcelos, prefeito regional dos Morros; Valéria Costa, guia de turismo da Seectur; Bruno Barreto, gestor do Senac, e Josenildo Batista da Silva, o Scooby Batista, morador da Nova Cintra e que desde 1988 percorre esse caminho, entre outros convidados.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Segurança

Marcha para Jesus: PM de São Paulo reforça segurança

A caminhada terá início na Estação Luz do Metrô, às 10h; Durante o evento, policiais à paisana estarão em meio à multidão

TRÂNSITO HIDROVIÁRIO

Balsa de Ilhabela registra mais de 3 horas de fila

Demora se justifica pelo feriado prolongado de Corpus Christi

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter