últimas notícias
Uma das cirurgias realizadas para dar esse efeito de olhos de gato é a blefaroplastia
Uma das cirurgias realizadas para dar esse efeito de olhos de gato é a blefaroplastia
Foto: Michaela/Unsplash

A tendência chamada olhos de gato

Os olhos mais marcados se tornaram conhecido pelas celebridades de Hollywood e se espalharam nas redes sociais; nada mais é do que um conjunto de procedimentos cirúrgicos que dão o efeito dos olhos levemente alongados

Lápis de olhos ou delineadores são utilizados para dar aquele efeito de olhos alongados, mais marcados, como os de um gato ou raposa. Mas nos dias de hoje, um tipo de cirurgia plástica se tornou muito popular por tornar esse efeito permanente – e ele foi rebatizado como ‘foxy eyes’ (literalmente, olhos de raposa).

“Alguns artistas de Hollywood começaram a fazer uma cirurgia que deixa o olho mais amendoado, com uma cara mais de raposa, de gato. Na verdade, esse é o resultado de uma somatória de técnicas, que procura deixar o olho mais alongado, e que foi dado o nome de foxy eyes”, explica o cirurgião plástico Victor Cutait.

Uma das cirurgias realizadas para dar esse efeito de olhos de raposa é a blefaroplastia, que retira parte da pele das pálpebras superiores e inferiores – e esse procedimento não é novo e, embora possa ser feito por qualquer pessoa, é importante a opinião de um cirurgião plástico habilitado para avaliar se é possível atingir o resultado.

“Precisa passar por uma boa avaliação e entender o que precisa ser feito, assim a pessoa pode ser submetida a essa cirurgia. É importante atender a pré-requisitos básicos para obter o resultado: ter uma pele um pouco mais flácida, o ligamento tarsal [na região da pálpebra inferior] um pouco mais solto e algumas necessidades para conseguir esse resultado”, explica.

Uma vez feita a avaliação, o médico pode determinar quais procedimentos serão necessários para atingir o resultado esperado: além da blefaroplastia superior e inferior, podem ser feitos o levantamento da sobrancelha (chamado de brow lifting) e o de algumas estruturas do rosto. Pacientes mais jovens não precisam de muitas intervenções, e o resultado é mais duradouro.

Outro detalhe é saber se é necessário refazer o procedimento depois de alguns anos. Segundo Cutait, o efeito da cirurgia em pacientes mais jovens tende a durar mais, mas há outros fatores que podem interferir muito no resultado final. “Se é uma pessoa saudável, que come bem, não tem doenças crônicas, dorme bem, não fuma, se expõe ao sol com proteção, tenta não se estressar e evitar a tristeza, ela consegue envelhecer muito mais lentamente e não precisa fazer outra cirurgia. Caso contrário, ela vai envelhecer mais rápido, e é esse grau de envelhecimento que vai dizer que precisa ou não refazer a cirurgia”.

A duração da cirurgia depende dos procedimentos que serão feitos. Blefaroplastias duram entre 40 minutos e uma hora, e podem ser feitas em ambiente ambulatorial com anestesia local. Já intervenções maiores, que precisem mexer em estruturas do rosto, precisam de estrutura hospitalar, levam até seis horas e precisam de anestesia geral.

Macaque in the trees
Arte: Gazeta de S.Paulo

O pós-operatório não é complicado. “Não é uma cirurgia que fica muito dolorida. Os pontos são retirados em sete dias, quando precisa de um repouso mais intenso. Para tomar sol com proteção, somente depois de um mês. Vida normal para fazer tudo, curtir, aproveitar, depois de três meses”.

É sempre bom lembrar a importância de se fazer uma avaliação com um profissional habilitado. “As pessoas precisam saber o que é e quem vai fazer. Temos que colocar a segurança em primeiro lugar. O mais interessante da cirurgia plástica é adaptar expectativa com a possibilidade. A paciente vem com expectativa, eu venho com as possibilidades, e precisamos encaixar isso”, completa.

Cirurgias menores, resultados melhores

Nos dias de hoje, o desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas, além de procedimentos menos invasivos e medicamentos, transformaram a cirurgia plástica. Não são necessárias grandes intervenções para se ter bons resultados - o foxy eyes são um exemplo de cirurgias pequenas e eficazes. Além delas, para suavizar rugas, há a aplicação de Botox e preenchimento facial e laser, por exemplo. O laser pode ser usado também para tirar manchas, cicatrizes e pelos indesejados, e produtos específicos ajudam em alguns tratamentos cutâneos - sem a necessidade de cortes grandes, pontos ou pós-operatórios dolorosos.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta