últimas notícias
Helena Ignez em
Helena Ignez em "A família do barulho", 1970; seu longa 'Fakir' abre a mostra de cinema latino-americano em SP
Foto: Divulgação

Festival de Cinema exibe 148 filmes em São Paulo

AUDIOVISUAL. O Festival de Cinema Latino-Americano tem por objetivo a divulgação e a reflexão sobre a singularidade estética do cinema realizado na América Latina e no Caribe

D e 24 a 31 de julho, acontece em diversos espaços da cidade de São Paulo a 14ª edição do Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo.

O festival tem por objetivo a divulgação e a reflexão sobre a singularidade estética do cinema realizado na América Latina e no Caribe. O evento busca, além da formação de público, promover o encontro de profissionais do meio cinematográfico, como produtores, diretores, professores, estudantes e interessadas em discutir os caminhos do cinema e do

audiovisual.

A 14ª edição do Festival exibe um total de 148 títulos de 17 países, maior marca do evento. A programação reúne os destaques da produção mais recente feita na América Latina e no Caribe, incluindo vários títulos inéditos no Brasil.

Inédito no Brasil, "Fakir", dirigido por Helena Ignez, uma das principais personalidades do cinema brasileiro, abre o festival. A sessão, aberta ao público, aconteceria em 24 de julho, quarta-feira, às 20h30, no Auditório Simón Bolívar do Memorial da América Latina.

A Sessão Contemporâneos traz produções recentes e inéditas no País, longas brasileiros em première mundial e a terceira edição do "Foco Chile". Serão exibidos filmes da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile entre outros países. As exibições acontecem de 24 a 31 de julho no o Cine Sesc (zona oeste), no Memorial da América Latina (zona oeste), no Cine Olido (centro), no Centro Cultural São Paulo, na Biblioteca Mário de Andrade (centro) e na Sala Umuarama (Campinas).Informações sobre a programação podem ser acessadas em www.festlatinosp.com.br. (GSP)

 

Tops da Gazeta