últimas notícias
A recomendação é que os pacientes devam ir ao local apenas em dias e horários agendados, evitando aglomerações
A recomendação é que os pacientes devam ir ao local apenas em dias e horários agendados, evitando aglomerações
Foto: Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Unidades básicas de Saúde voltam a realizar consultas agendadas

Atendimentos que estavam sendo realizados não sofrerão alterações; agendamentos serão realizados de forma gradual

Os atendimentos que estavam suspensos na rede municipal de saúde de São Paulo serão retomados a partir desta quarta-feira (24). Eles serão realizados gradualmente.

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Unidade de Referência à Saúde do Idoso (Ursi), Programa de Acompanhamento do Idoso (PAI), Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar (Emad), Centro Especializado em Reabilitação (CER), Centro de Convivência e Cooperativa (Cecco), unidades básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Práticas Integrativas e Complementares voltam a agendar atendimentos.

A recomendação é que os pacientes devam ir ao local apenas em dias e horários agendados, evitando aglomerações. No entanto, alguns atendimentos poderão ser realizados remotamente, por teleatendimento.

Os atendimentos que estavam sendo realizados não sofrerão alterações. Sendo assim, unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMA), unidades de Pronto-Atendimento (UPA) e os hospitais seguem funcionando normalmente.

Comentários

Tops da Gazeta