últimas notícias

Notinhas da Gazeta

Veja o que acontece na cidade de SP, no Estado e no País que pode ajudar a população

Para empreendedores. A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta segunda-feira o programa Volta por Cima, ciclo de lives durante a fase emergencial do Plano São Paulo voltado aos empreendedores que querem iniciar um negócio e que precisam se adaptar ao mundo on-line. Todas as lives ficarão gravadas no Facebook da pasta e poderão ser acessadas a qualquer momento. Os trabalhadores poderão acompanhar lives sobre como montar um currículo atraente e ter sucesso nas entrevistas de emprego, planejamento de carreira, mudanças no mercado de trabalho e como fazer cursos de capacitação de forma gratuita, por exemplo. As atividades totalmente on-line e gratuitas ocorrem de segunda a sexta-feira às 10h e às 18h, até 31 de março, pelo site acebook.com/spsmdet. (GSP)

Pessoas com deficiência. Estão abertas as inscrições para os cursos remotos de Auxiliar Administrativo e Operador de Telemarketing para pessoas com deficiência de Jundiaí, interior paulista. A ação é uma parceria entre a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e o Centro Paula Souza, com o apoio do Centro de Tecnologia e Inovação. Os cursos, gratuitos, terão carga horária de 60 horas cada, realizados em 12 dias, sendo 4 horas por dia, de segunda a sexta-feira, e, são acessíveis com interpretação de libras. Os interessados devem se inscrever em bit.ly/2Orv9jk até o dia 23 de março. (GSP)

Serviços digitais. Uma pesquisa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) divulgada na sexta-feira (12) mostra que o Brasil registra satisfação de mais da metade dos usuários dos serviços públicos digitais. De acordo com o levantamento, o nível de satisfação com os serviços públicos digitais está entre 53% e 55%, dependendo da esfera de governo. O governo federal, por exemplo, tem avaliação positiva de 55%, contra 31% de neutros e 14% de insatisfeitos. A média está em 53% de satisfeitos, 36% neutros e 11% de insatisfeitos nos estados e em 54%, 33% e 13% nos municípios de todo o Brasil. Foram entrevistadas 13.250 pessoas em todas as regiões do País entre outubro e dezembro do ano passado. (AB)

Transporte escolar. A Prefeitura de São Paulo prorrogou por mais um ano a data de vencimento dos documentos expedidos pelo DTP para o setor de transporte escolar. O objetivo é beneficiar os 13.514 transportadores com cadastro ativo no DTP diante das dificuldades enfrentadas pelo setor em função da pandemia da Covid-19. Com a publicação do Decreto 60.114, de 9 de março, a categoria dos condutores escolares fica isenta do pagamento em 2021 do preço público de renovação do Certificado de Registro Municipal de Pessoa Física (CRMPF), Certificado de Registro Municipal de Pessoa Jurídica -(CRMPJ) e do Certificado de Registro Municipal de Condutor (CRMC). A medida vale para veículos que estejam com cadastro ativo no DTP. (GSP)

 

Tops da Gazeta