últimas notícias
De acordo com o prefeito Ney Santos (Republicanos), a Administração disponibilizará R$ 100 (13 parcelas por cada ano) para cerca de cinco mil famílias
De acordo com o prefeito Ney Santos (Republicanos), a Administração disponibilizará R$ 100 (13 parcelas por cada ano) para cerca de cinco mil famílias
Foto: Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

NOTAS

Solidariedade. O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, lançou nesta semana a Campanha do Agasalho 2021. A campanha tem como tema "Aqueça o frio com amor e calor", e tem como prioridade a arrecadação de cobertores, edredons e mantas novos e seminovos. A intenção é atender cerca de 15 mil famílias de associações assistenciais do município. Para doações ou mais informações, faça o contato com o Fundo Social de Solidariedade de Embu das Artes através do telefone (11) 4241-7205. (Portal O Taboanense)

MBA. A Unidade de Pós-Graduação, Extensão e Pesquisa (Uepep) do Centro Paula Souza (CPS) está com inscrições abertas para três cursos de pós-graduação lato sensu no modelo Master of Business Administration (MBA). As formações oferecidas são MBA em Engenharia e Negócios (MBE); MBA em Excelência em Gestão de Projetos e Processos Organizacionais e; MBA em Tecnologia e Inovação (MBT). Para mais informações acesse bit.ly/3hW4SG7. (GSP)

Cultura e História. A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo divulgou ontem a publicação "CIEJAs na Cidade de São Paulo: Identidades, Culturas e Histórias". O material é o registro sobre o histórico dos 16 Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos da cidade. Em 2021, estas unidades contam com cerca de 10 mil estudantes matriculados nos períodos diurno e noturno. Para conhecer a publicação, acesse encurtador.com.br/gmsCV. (GSP)

Indústria. O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,7 ponto na passagem de abril para maio deste ano. A alta veio depois de quatro quedas consecutivas. Com o resultado, o indicador chegou a 104,2 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, e retornou ao patamar de março deste ano. O resultado foi influenciado pelo aumento do otimismo dos empresários da indústria brasileira em relação aos próximos meses deste ano, quesito medido pelo Índice de Expectativas, que subiu 2,1 pontos e chegou 99 pontos. Já o Índice da Situação Atual, que mede a confiança no presente, recuou 0,5 ponto e atingiu 109,5 pontos. (AB)

Tops da Gazeta