Publicidade

X
Serviços

Redes sociais enfrentam instabilidade no Brasil

FACEBOOK, WHATSAPP E INSTAGRAM. Usuários relataram nesta quarta dificuldades para enviar fotos, vídeos e áudios nas plataformas digitais

Publicidade

O Brasil não foi o único afetado pelo problema: houve relatos de instabilidade nos EUA, México, Peru e alguns países da Europa / /THIAGO NEME/GAZETA DE S. PAULO

Os aplicativos Facebook, WhatsApp e Instagram estavam instáveis nesta quarta-feira. Usuários relatavam os problemas por meio de plataformas como o Twitter, dizendo que não estavam conseguindo enviar pelas redes sociais arquivos de mídia como fotos, vídeos e áudios. Segundo o site Down Detector, conhecido por apontar falhas em serviços na internet, o Brasil não foi o único afetado pelo problema: houve também relatos de instabilidade nos Estados Unidos, no México, no Peru e em alguns países da Europa.

Em resposta ao "Estado", o Facebook disse: "Sabemos que algumas pessoas e negócios estão com problemas para carregar ou enviar imagens, vídeos e outros arquivos em nossos aplicativos. Estamos trabalhando para normalizar a situação".

As plataformas do Facebook estão ficando fora do ar com alguma frequência. Em maio, houve problemas inclusive em funções básicas, como mandar mensagens, fazer comentários e realizar publicações no Facebook, Instagram e WhatsApp - a empresa afirma que o problema foi causado por falhas de conexão na América Latina. Em março, os serviços do Facebook chegaram ficar quase 24 horas sem suas funcionalidades completas no ar, por conta de uma mudança nas configurações internas dos servidores da companhia.

Em janeiro, o "The New York Times" revelou que Mark Zuckerberg, presidente executivo do Facebook, tem planos para integrar WhatsApp, Instagram e Facebook Messenger. A ideia permitiria, por exemplo, que um usuário do WhatsApp mande mensagem para contato que tem apenas conta no Instagram. (EC)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Auxílio Brasil

Bolsonaro regulamenta empréstimo do Auxílio Brasil sem definir limite de juros

Governo já havia estabelecido que os beneficiários poderão comprometer, no máximo, 40% do valor do benefício

Desemprego

Taxa de desemprego tem queda em 22 estados no segundo trimestre

Em São Paulo, estado mais populoso do país, a taxa de desemprego recuou de 10,8% para 9,2%

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software