últimas notícias

Seu Dinheiro

O concurso terá prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período
O concurso terá prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período
Foto: Nair Bueno/Diário do Litoral

Concurso em Peruíbe tem edital publicado

Instituto de Previdência Municipal de Peruíbe abre edital para provimento de cargos efetivos

O Instituto de Previdência Municipal de Peruíbe, São Paulo, contando com o apoio da Fundação VUNESP, realizará concurso público de provas com vistas ao preenchimento de vagas nos cargos de Técnico Previdenciário, Analista Previdenciário – Área Administrativa, Analista Previdenciário – Área de Benefícios, Analista Previdenciário – Área Financeira e de Investimentos.

O concurso terá prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

São oferecidas quatro vagas nas ocupações mencionadas, que possuem vencimentos de R$ 2.689,53 a R$ 6.307,76.

O cargo de Técnico Previdenciário requer Curso Técnico de Contabilidade, Administração, Administração Pública, Gestão Pública ou curso superior correspondente à área.

Já os cargos de Analista Previdenciário exigem formação específica, qual seja: Curso Superior de Graduação em Administração, ou Administração Pública, Direito, Economia ou Contabilidade.

As inscrições devem ser realizadas somente pela página da Fundação VUNESP, até às 23h59min do dia 19 de fevereiro de 2020. Os candidatos precisam ainda pagar uma taxa de R$ 56,50 ou de R$ 82,20.

Todos os candidatos participarão de uma prova objetiva escrita, que terá um caráter eliminatório e classificatório. Haverá ainda uma prova dissertativa para os cargos de Analista Previdenciário – Área Administrativa, Analista Previdenciário – Área de Benefícios e Analista Previdenciário – Área Financeira e de Investimentos.

As provas serão realizadas na própria cidade de Peruíbe, na data prevista para de 5 de abril, nos períodos da manhã e tarde.

Ocorrendo empates na pontuação dos candidatos, um dos critérios utilizados será o da maior idade (igual ou superior a 60 anos). Demais critérios serão: maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos; maior pontuação na prova dissertativa (quando houver); maior número de acertos nas questões de Língua Portuguesa ou Matemática; mais idoso entre os que tiverem menos de 60 anos; ter exercido a função de jurado; ou até mesmo sorteio.

Comentários

Tops da Gazeta