últimas notícias
Via Varejo focará a estratégia de divulgação do banco digital nas lojas Casas Bahia, que estarão todas integradas ao Banqi
Via Varejo focará a estratégia de divulgação do banco digital nas lojas Casas Bahia, que estarão todas integradas ao Banqi
Foto: Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo

Via Varejo lança banco para atender classes C, D e E

BANCO DIGITAL. A princípio, o BanQi estará disponível para download apenas para Android; a expectativa é se tornar líder no mercado digital em menos de um ano

A Via Varejo entrou na onda dos meios de pagamento alternativos e lançou na quarta-feira (5) o banco digital banQi, desenvolvido em parceria com a startup americana Airfox. O objetivo, segundo a companhia, é atender as classes C, D e E, que têm pouco acesso a bancos e crédito.

Apesar de se apresentar como banco, o banQi é uma marca de titularidade da Airfox, que presta serviços de pagamento, e, hoje, não se enquadra como instituição financeira.

"A principal missão é fazer a inclusão social, econômica e digital da população de baixa renda", afirmou o diretor Financeiro da Via Varejo, Felipe Negrão, durante coletiva de lançamento do banQi nesta quarta-feira.

A princípio, a nova plataforma estará disponível para download apenas para o sistema operacional Android, com previsão de chegar no iOS em breve. O banQi tem conta digital e possibilita pagar boletos e Carnê Digital, fazer transferências e recarregar celular e Bilhete Único.

Em breve, diz a empresa, serão oferecidos outros serviços, como empréstimos pessoais, saques, cartão pré-pago, conta remunerada, seguros, portabilidade de conta salário, cashback e cartão de crédito.

A expectativa da Via Varejo é que o banQi se torne líder no mercado digital em menos de um ano. Hoje, a principal fintech desse segmento é o Nubank, que tem 8,5 milhões de clientes, sendo 4,8 milhões na NuConta.

Para bater essa meta, a Via Varejo focará a estratégia de divulgação do banco digital nas lojas Casas Bahia, que estarão todas integradas à operação do banQi até o fim de julho. (EC)

Comentários

Tops da Gazeta