últimas notícias

SAIBA MAIS

Calor

o ano todo

A temperatura não varia tanto ao longo do ano, o que faz de San Andrés um destino perfeito para quem gosta de calor. É melhor viajar entre janeiro e maio, quando chove pouco. Já entre setembro e novembro, além da chuva, aumenta o risco de tempestades tropicais e até mesmo furacões.

O viajante deve tomar a vacina da febre amarela pelo menos dez dias antes de ir, e levar o certificado internacional de vacinação contra a doença. Por outro lado, visitantes brasileiros não precisam levar passaporte para San Andrés: leve somente o RG com, no máximo, dez anos de emissão. San Andrés também não é um destino tão caro. Há pacotes a partir de R$ 2.700 por pessoa para sete noites, incluindo hospedagem e passagem aérea. Os passeios para as ilhas ou destinos especiais podem ser contratados à parte. Também é possível se deslocar de ônibus, táxi, e alugar motocicletas, carrinhos de golfe e bicicletas - a vantagem é poder curtir a paisagem e o vento caribenho no rosto. É importante tomar cuidado com a sinalização precária no trânsito.

 

Tops da Gazeta