X

NOVOS CAPÍTULOS

Perícia contratada comprova que Ana Hickmann teve 48 assinaturas falsificadas

Segundo laudo, ex-agente da apresentadora, e Alexandre Corrêa, ex-marido da vítima, sabiam das assinaturas falsificadas. Ex-assessora rebate acusações de falsificação.

Natália Brito

Publicado em 23/05/2024 às 15:15

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Perícia contratada por Ana Hickmann comprovou que a ela teve sua assinatura falsificada / Reprodução/Instagram

A perícia contratada por Ana Hickmann comprovou que a ela teve sua assinatura falsificada em cerca de 48 documentos. De acordo com informações do laudo, as rubricas falsas foram feitas por Cláudia Helena, ex-agente da apresentadora, e Alexandre Corrêa, o ex-marido da vítima, sabia das falsificações.

Os empréstimos que constam a assinatura de Hickmann também precisavam da assinatura de Alexandre Corrêa, indicando a ciência do empresário sobre as assinaturas falsas. A perícia também constatou que as rubricas do empresário nos documentos não são falsificadas.

Ex-assessora era quem assinava

Segundo trecho de documento divulgado inicialmente pelo jornalista Leo Dias, foi identificado que Claudia Helena dos Santos realizava as imitações da assinatura da apresentadora.

"Após um estudo minucioso em contratos firmados com os bancos Daycoval, Safra e Itaú; cheques; entre outros documentos; o Instituto Del Picchia identificou que todas as assinaturas são da mesma pessoa. O instituto também afirma que Claudia Helena dos Santos realizava as imitações de forma tão costumaz e despreocupada, que praticamente 'criou' uma assinatura para ser atribuída a Ana Lúcia Hickmann. Ela colocou nas suas 'obras' elementos não somente de sua grafia, mas até de sua própria assinatura", diz trecho do documento. 

O laudo da perícia grafotécnica foi entregue ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), que instaurou um inquérito policial para investigação.

Posicionamento

O advogado Bruno Ferullo, que representa Cláudia e Alexandre, reforçou que a perícia não é um laudo oficial. 

"No que tange à perícia grafotécnica particular contratada pela Ana Hickmann, não é um laudo oficial, é uma perícia particular. O laudo juntado aos autos principais da investigação, a qual foi confeccionado por um perito técnico do estado de São Paulo, aponta que não há como comprovar que as assinaturas foram ou não feitas pela Ana. Então estamos bem tranquilos, inclusive essa perícia particular sequer foi juntada à investigação, aos autos que correm no DEIC", explicou o advogado à revista “Quem”.

Separação 

No ano passado, Hickmann denunciou seu marido na época Alexandre Correa por agressão durante uma briga. A apresentadora prestou queixa e entrou com pedido de separação, além de solicitar uma medida restritiva. 

Demissão 

No mesmo período, a apresentadora demitiu sua agente Cláudia Helena. Em suas redes sociais, a ex-agente comentou o encerramento de contrato. “Estou entrando em contato para informar que não faço mais parte do quadro da Hickmann Serviços. Muito obrigada por todos esses anos de parceria”.

As duas trabalharam juntas por 13 anos, e os motivos da demissão não foram divulgados.

Ex-assessora rebate acusações de falsificação

Cláudia Helena dos Santos, ex-assessora de Ana Hickmann, rebateu as acusações de falsificação de 48 assinaturas supostamente pertencentes à apresentadora, afirmando que nunca assinou documentos em nome de Ana e que não tinha nenhum benefício em fazê-lo.

Ela destacou que seu sigilo bancário foi investigado e nada foi encontrado, reforçando que nunca desviou ou roubou dinheiro. Cláudia também relatou que foi pressionada por Ana a escolher entre apoiar a apresentadora ou Alexandre Correa.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SUSTO EM GUARULHOS

VÍDEO: maior avião de passageiros do mundo tem voo cancelado após problema técnico

Voo da companhia aérea Emirates, considerado o maior avião de passageiros do mundo, precisou ser cancelado após apresentar falha durante os primeiros minutos da decolagem

Tragédia

Dono de bar é morto com golpes de canivete no pescoço após defender mulher de assédio

Proprietário do Malta Rock Bar expulsou o homem por ele ter cometido assédio sexual contra uma funcionária

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter