Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sábado, 04 Maio 2019 08:08

No longo prazo

Itens de reposição com preço competitivo são um dos destaques da nova Dafra 200
A Apache apresenta pacote de peças de reposição com preços inferiores aos da concorrência A Apache apresenta pacote de peças de reposição com preços inferiores aos da concorrência Divulgação
Da Reportagem
De São Paulo

Com um ligeiro "facelift" no visual, a Apache RTR 200 já está à venda na rede de concessionárias da Dafra. A fabricante aposta na tecnologia de sua street - desenvolvida em parceria com a TVS Motor Company, terceira maior montadora de motocicletas da Índia -, no preço, de R$ 12.490 com frete incluído, e na cesta de peças sobressalentes - aqueles itens de manutenção e de conserto de componentes quebrados em pequenos incidentes de trânsito, comuns nesse tipo de veículo.

Enquanto o pacote de peças originais da RTR 200 fica em R$ 1.041, a média da concorrência gira de R$ 1.124 a R$ 1.623, conforme levantamento da própria Dafra. "A Apache apresenta pacote de peças de reposição com preços inferiores aos da concorrência de menor cilindrada, o que, somado ao posicionamento de preço da moto, a torna mais atrativa para os motociclistas", afirma Rogério Yared, gerente de pós-vendas da Dafra Motos.

Além do retoque no design, a Apache RTR 200 tem motor de 197,75 cc de quatro tempos com 21 cavalos de potência a 8.500 rotações por minuto e 1,85 kgfm de torque a 6.500 rpm e nova embreagem normalmente utilizada em motos de alta cilindrada - o sistema Slippery Clutch não permite o travamento da roda traseira. A injeção eletrônica Bosch e os freios a disco FH-CBS foram adaptados para o mercado brasileiro.

A moto tem ainda suspensão traseira monoamortecida com sete posições de regulagem, câmbio com 5 velocidades, painel digital completo composto por tela de LCD com sistema racing, carregador USB, luzes de posição e lanterna em led, pneus sem câmara e rodas aro 17 polegadas.

A Apache RTR 200 tem 2,05 metros de comprimento, 1,10 metro de altura, 79 centímetros de largura e 1,35 metro de entre-eixos, pesa 139 quilos, tem suspensão dianteira telescópica de 117 milímetros, suspensão traseira com braço oscilante monoamortecida de 105 milímetros, sistema de partida elétrica, tanque de combustível de 12 litros e está disponível nas cores vermelho fosco e preto brilhante. Com o motor mais forte e os freios combinados de série, a RTR 200 acabou subindo de patamar. A partir de agora, a moto da Dafra pretende disputar mercado com a Honda CB Twister e a Yamaha Fazer 250.


*Por Daniel Dias, da Agência AutoMotrix

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado