Publicidade

X

LINHA 2024

BMW Motorrad aposta em mudanças no design da linha 2024 da R 1300 GS

Com a nova R 1300 GS, a BMW Motorrad apresenta seu motor boxer em produção mais potente da história

Edmundo Dantas - AutoMotrix

Publicado em 06/10/2023 às 11:50

Atualizado em 06/10/2023 às 17:13

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O motor boxer de 1.300 cc produz uma potência de 145 cavalos a 7.750 rpm / Divulgação

Como parte das comemorações dos cem anos da BMW Motorrad, a linha 2024 da R 1300 GS acaba de ser apresentada na Europa e nos Estados Unidos, com novo motor boxer e nova suspensão. As origens da R 1300 GS remontam há mais de quatro décadas, quando a BMW Motorrad investiu em um novo segmento de Enduro Touring, com o lançamento da R 80 G/S. Desde então, os modelos GS com motor boxer têm estado entre os protagonistas do campo competitivo. Para garantir que isso continue a acontecer no futuro, a BMW Motorrad optou por um design quase completamente novo para a linha 2024 da R 1300 GS, com uma redução de peso de 12 quilos em comparação ao modelo anterior.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Leia Também

• Conheça a M 1000 XR, nova motocicleta da BMW Motorrad

• BMW R18 já está à venda no Brasil

A peça central é mais uma vez o motor boxer de dois cilindros. O seu novo design é mais compacto, graças a uma caixa de velocidades localizada sob o motor e a uma nova disposição do eixo de comando. Com exatamente 1.300 cc, produz uma potência de 145 cavalos a 7.750 rpm, desenvolvendo um torque máximo de 15,2 kgfm a 6.500 rpm. Números que tornam o motor boxer BMW o mais potente já produzido em série.

No centro do novo chassi está a estrutura principal em chapa de aço, que, além de ser otimizada em termos de espaço de instalação, oferece níveis de rigidez mais elevados do que o modelo antecessor. Para a parte de trás do quadro, a estrutura tubular de aço anterior foi substituída por uma construção em alumínio fundido. A nova suspensão na roda dianteira EVO Telelever com elemento flexível e a nova suspensão na roda traseira EVO Paralever revisada também proporcionam maior precisão e estabilidade de pilotagem.

O novo sistema eletrônico de suspensão dinâmica (DSA - Dynamic Suspension Adjustment), como equipamento opcional de fábrica, tem adaptação dinâmica de amortecimento e taxa de retorno, assim como compensação de carga. O DSA combina o ajuste dinâmico do amortecimento dianteiro e traseiro com um correspondente e taxa de retorno, dependendo do modo selecionado e da condição de pilotagem e das manobras, enquanto o ajuste automático de retorno assegura a compensação de carga. Com controle adaptativo de altura, a nova R 1300 GS oferece um ajuste totalmente automático, garantindo mais conforto sem comprometer a dinâmica de pilotagem nem as inclinações em curvas.

A nova R 1300 GS tem quatro modos de pilotagem em vez de três. Os modos de pilotagem “Rain” e “Road” permitem ajustar a moto às condições de estrada. Já com o “Eco” é possível atingir uma autonomia maior com um único tanque de combustível, enquanto o modo adicional “Enduro” permite uma utilização mais segura no off-road. Faróis Led Matrix, unidades de leds de última geração com geometria redonda e indicadores de seta integrados nos protetores de mão são de série, enquanto o “Headlight Pro” é opcional. Com o “Headlight Pro”, o facho do farol se direciona no sentido da curva, acompanhando a inclinação.

A R 1300 GS apresenta novas opções de assistências à pilotagem, como o Active Cruise Control (ACC), o Front Collision Warning (FCW) e o Lane Change Warning (SWW). O ACC pode ser usado para definir a distância segura para um veículo à frente. O FCW previne colisões e ajuda a reduzir as consequências de acidentes. Já o SWM monitora as faixas da estrada nos dois lados da moto, ajudando ainda na utilização dos espelhos.

Nos Estados Unidos, a nova R 1300 GS desembarca no início de 2024. Além do modelo básico, haverá outras três versões: Triple Black, GS Trophy e Option 719 Tramuntana. A Triple Black é em tons de preto, a GS Trophy mistura tons de Racing Blue Metallic, White Metallic Matte e detalhes em vermelho e a Option 719 Tramuntana ostenta um esquema de cores bicolor com tons de Aurelius Green Metallic, Avus Black Metallic Matte e detalhes em preto/cinza com acabamentos dourados. No mercado norte-americano, o preço sugerido para o modelo básico parte de US$ 18.895 (cerca de R$ 96 mil). Não há confirmação sobre a chegada da nova R 1300 GS ao Brasil.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CASOS EM ALTA

Dengue: grávidas e bebês podem usar repelentes?

Na busca por proteção, a procura por repelentes aumentou nas farmácias de todo o País; dermatologista orienta sobre o uso

DRAMA ALVINEGRO

Corinthians perde para a Ponte Preta em Itaquera e vê vaga se distanciar

Iago Dias abriu o placar aos cinco minutos para a Ponte Preta; Corinthians finaliza 26 vezes, mas não consegue balançar as redes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter