Publicidade

X

COM TUDO EM CIMA

Chevrolet Onix Premier chega a partir de R$ 114,5 mil

Na briga para retomar a liderança nacional de vendas, Chevrolet Onix ostenta seus melhores predicados na versão "top" Premier

Luiz Humberto Monteiro Pereira - AutoMotrix

Publicado em 13/10/2023 às 08:00

Atualizado em 13/10/2023 às 16:20

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A versão "top" do hatch compacto da Chevrolet tem preço sugerido inicial de R$ 114.590 na cor Azul Seeker testada, custa R$ 116.240 / Luiza Kreitlon/AutoMotrix

Líder do mercado brasileiro de 2015 a 2020, o Chevrolet Onix teve sua produção duramente impactada pela escassez global de componentes eletrônicos – principalmente semicondutores – que aconteceu junto à pandemia de Covid-19. E perdeu posições no ranking de vendas. Mas a competitividade do antigo líder do mercado nacional está sendo gradualmente retomada. Em 2023, de janeiro a setembro, o hatch compacto da Chevrolet teve 70.751 unidades vendidas e está na terceira posição no ranking. Ficou atrás somente da picape Fiat Strada – que assumiu a liderança nacional de vendas desde 2021 –, com 86.638 unidades, e está em disputa acirrada com o concorrente Volkswagen Polo, com 71.928 unidades. Desde o lançamento do Onix, a versão topo de linha Premier tem a missão de expressar os melhores recursos do modelo.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Leia Também

• Versão "top" Premier 1.2 da Chevrolet Montana quer conquistar clientes

• Testamos a Chevrolet Tracker RS

Produzido em Gravataí, no Rio Grande do Sul, o Onix adota a plataforma chinesa GEM, que estreou no Brasil em setembro de 2019 com o sedã Onix Plus – o hatch foi lançado dois meses depois. Com seus 4,16 metros de comprimento, 1,74 metro de largura, 1,47 metro de altura e 2,55 metros de distância de entre-eixos, ostenta uma grade ampla e um para-brisa bastante inclinado. Os faróis são afilados, e a configuração Premier incorpora projetores nos principais e nas luzes diurnas no para-choque, assim como a iluminação de leds nas lanternas. As carenagens dos retrovisores externos são na cor da carroceria e os repetidores de seta ficam nos para-lamas. Na traseira, as lanternas trapezoidais são protuberantes e há um aerofólio na parte superior da tampa do porta-malas, que tem 275 litros de capacidade. As rodas da Premier são de liga leve polidas de 16 polegadas e “calçam” pneus 195/55 R16.

O motor 1.0 turbo flex com três cilindros e 12 válvulas do Onix Premier conta com sistema multiponto com bicos injetores pré-aquecidos, mas não tem injeção direta de combustível – uma tendência entre os propulsores de projetos mais recentes. Entrega potência de 116 cavalos (com gasolina e etanol) a 5.500 rpm e torque máximo de 16,3 kgfm com gasolina e 16,8 kgfm com etanol, sempre a 2 mil rpm. Trabalha acoplado a uma transmissão automática de 6 velocidades com opção de troca manual de marchas na manopla. Para economizar combustível, o sistema start/stop desliga automaticamente o motor em paradas temporárias e religa assim que o motorista tira o pé do pedal do freio.

Na versão Premier, o Onix traz de série o multimídia MyLink, com tela de LCD “touchscreen” de 8 polegadas, integração sem fio com smartphones por meio do Android Auto e do Apple CarPlay, rádio AM/FM, função áudio streaming, Bluetooth para até dois celulares simultaneamente e entrada USB no console. A tela incorpora os comandos para o controlador de velocidade, o computador de bordo e exibe as imagens da câmera de ré. Há carregador Wireless (sem fio) no console central e duas entradas USB para quem senta no banco traseiro. O Wi-Fi 4G nativo viabiliza conexão com a internet a bordo – o pacote gera uma mensalidade. A lista de equipamentos de série inclui ar-condicionado digital automático, assistente de partida em aclive, seis airbags (duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina), computador de bordo, controle eletrônico de estabilidade e tração, controles do rádio e telefone no volante, direção elétrica progressiva, painel de instrumentos de 3,5 polegadas digital de TFT, sensor de estacionamento (dianteiro, lateral e traseiro), sistemas de fixação de cadeiras para crianças (Isofix e Top Tether) e de monitoramento de pressão dos pneus, acendimento automático dos faróis por meio de sensor crepuscular, abertura das portas por sensor de aproximação da chave e partida por botão. Alerta de ponto cego, assistente de estacionamento automático, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e sensores de estacionamento dianteiro e laterais também são de série na Premier Turbo.

A versão “top” do hatch compacto da Chevrolet tem preço sugerido inicial de R$ 114.590, na cor metálica Preto Ouro Negro. A sólida Branco Summit acrescenta R$ 900 e as outras opções metálicas Prata Shark, Vermelho Carmim, Cinza Drake ou Azul Seeker (a do modelo testado) somam R$ 1.650 à fatura. O acabamento interno, com bancos em tecido que simula couro, pode ser nas cores Cinza Mid Ash Gray ou Caramelo Maple Sugar, ambas combinadas com Preto Jet Black.

Experiência a bordo
Bons recursos

Nos revestimentos do Onix Premier, predominam os plásticos duros, mas com texturas em formas geométricas e alguns detalhes cromados (como nas maçanetas internas) que tentam reforçar o requinte. Um aplique com textura e cor diferenciada destaca os relevos no centro do painel. A tela do multimídia de 8 polegadas oferece boa visibilidade e o sistema espelha as funções do celular de forma eficiente. O sistema de auxílio ao motorista OnStar reforça o conforto e a segurança e o Wi-Fi nativo amplia a qualidade da conectividade a bordo.

O volante do Onix tem um revestimento que simula couro e incorpora os comandos para o controlador de velocidade, o computador de bordo e o sistema multimídia. Oferece regulagem tanto de altura quanto de distância, o que facilita a tarefa de achar uma posição confortável para se dirigir. No modelo testado, nas cores Preto Jet Black e Cinza Mid Ash Gray, os assentos são um tanto curtos, porém, os bancos têm revestimento em um tecido de bom padrão e dão razoável suporte às costas. O console central com descansa-braço proporciona um conforto adicional. Quem anda no banco traseiro tem bom espaço para as pernas e para os ombros para dois adultos e uma criança. Falta uma saída de ar-condicionado para os passageiros de trás.

Impressões ao dirigir
Conjunto consistente

Embora não tenha pretensões esportivas, o motor 1.0 turbo Ecotec, com três cilindros e 12 válvulas, de 116 cavalos (com gasolina e etanol) e torque de 16,3 kgfm com gasolina e 16,8 kgfm com etanol, é silencioso e viabiliza retomadas de velocidade convincentes. O câmbio automático de 6 marchas é bem escalonado, com discretos trancos. Não há borboletas atrás do volante para as trocas de marchas manuais, no entanto, elas podem ser feitas – de forma bem menos divertida, é verdade – por meio de uma tecla que fica na lateral do pomo da alavanca de câmbio. Passando da posição “D” para a “L”, é possível usar o freio-motor em descidas, poupando os freios. O conjunto atende à proposta do Onix, que é circular com desembaraço tanto na cidade quanto na estrada.

Quando o motorista pisa fundo no acelerador, a reação não é tão imediata porque a injeção não é direta. Há um pequeno “delay” ao pisar no acelerador quando é preciso de um pouco de potência para subidas e ultrapassagens. Contudo, o turbo logo “mostra serviço” e o hatch embala de forma resoluta. Disponibilizado já a partir dos 2 mil giros, o torque máximo de 16,3 kgfm dá ao motor a força necessária para reagir sempre com agilidade. Mesmo sendo um motor de três cilindros – arquitetura que tradicionalmente vibra um pouco mais em comparação às de quatro cilindros –, o Onix tem um isolamento acústico eficiente.

A direção com assistência elétrica é progressiva e bem balanceada. A suspensão tem um ajuste rígido e oferece estabilidade em curvas feitas em velocidades mais altas, embora a carroceria incline nas mais fechadas. O conjunto da suspensão apresenta um desempenho satisfatório, absorvendo muito bem aos impactos. Os freios param o veículo com eficiência quando solicitados – contam com discos na frente e tambores atrás, auxiliados pelo ABS e pelo controle eletrônico de frenagem (EBD).

Uma atração da versão Premier é o assistente de estacionamento automático, que encontra vagas disponíveis e faz as manobras de forma automática. Para utilizar o sistema, é preciso ativá-lo em um botão localizado no console e informar na central multimídia qual tipo de vaga se está procurando, que podem ser paralelas ou perpendiculares. Pelos sensores, o sistema localiza uma vaga adequada. Ao ser encontrada, aparecem instruções na tela da central multimídia para serem seguidas pelo motorista. A partir desse momento, o sistema assume o controle do volante, fazendo as manobras com o auxílio do condutor, que deve controlar o freio e o acelerador – e prestar atenção para não atingir nenhum obstáculo.

Ficha Técnica
Chevrolet Onix Premier

Motor: turbo, dianteiro, transversal, três cilindros e 12 válvulas, 999 cm³, flex
Potência: 116 cavalos (com gasolina e etanol) a 5.500 rpm
Torque: 16,3 kgfm com gasolina e 16,8 kgfm com etanol, sempre a 2 mil rpm
Transmissão: tração dianteira, com câmbio automático de 6 velocidades com trocas manuais
Suspensão: dianteira independente tipo MacPherson, com barra estabilizadora, e traseira semi-independente, com eixo de torção
Rodas e pneus: liga leve de 16 polegadas com pneus 195/55 R16
Direção: do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica progressiva
Freios: discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e EBD
Tanque de combustível: 44 litros
Porta-malas: 275 litros
Dimensões: 4,16 metros de comprimento, 1,74 metro de largura, 1,47 metro de altura e 2,55 metros de distância de entre-eixos
Peso: 1.113 quilos
Preço: R$ 114.590 na cor metálica Preto Ouro Negro. A versão avaliada, na cor Azul Seeker (metálica), custa R$ 116.240

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians é eliminado do Campeonato Paulista

Agora, o clube terá que conquistar a vaga na Copa do Brasil de 2025 de outro jeito

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter