X

ESTÁ CHEGANDO

Primeiras unidades do SUV Haval H6 GT acabam de desembarcar no Brasil

Modelo que colocará a bandeira da chinesa GWM no Brasil, o Haval H6 GT estará nas concessionárias ainda no primeiro semestre

Daniel Dias - AutoMotrix

Publicado em 13/01/2023 às 10:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O Haval H6 GT é um híbrido plug-in com motor 1.5 turbo associado a dois elétricos, um em cada eixo / Divulgação

As primeiras 41 unidades do Haval H6 GT acabam de desembarcar no Porto de Vitória, no Espírito Santo. Primeiro modelo da Great Wall Company Limited (GWM) – a maior montadora de carros chinesa – comercializado no Brasil, o Haval H6 GT virá importado da China e chegará às concessionárias no trimestre inicial deste ano. Ou seja, estreia antes da versão H6 Premium, que deve ser apresentada no segundo semestre e será o primeiro GWM “made in Brazil”, produzido na fábrica de Iracemápolis, no interior paulista – comprada em 2021 da Mercedes-Benz. O H6 é um projeto global, foi o sétimo SUV médio mais emplacado do planeta em 2021 e há 11 anos seguidos é líder do mercado chinês, o maior em escala mundial. A versão GT que será comercializada no Brasil foi desenvolvida especialmente para o país, a começar pelo “powertrain”. O modelo será o primeiro Haval a receber o conjunto de motor a combustão combinado com dois elétricos (um em cada eixo, tornando o carro um 4x4).

Apesar de usar a mesma base do Haval H6 Premium, o H6 GT tem linhas mais agressivas e um estilo cupê de SUV. O novo modelo funciona na maior parte do tempo como um veículo elétrico. O carro tem potência e torque combinados de 430 cavalos e 77,7 kgfm, vindos de um motor 1.5 turbo e de dois elétricos. Conforme a marca chinesa, o H6 GT acelera de zero a 100 km/h abaixo de cinco segundos. O SUV-cupê promete ser o híbrido plug-in com a maior autonomia elétrica do mundo, de até 200 quilômetros, graças à bateria de 34 kWh. Outra exclusividade do H6 GT para o mercado brasileiro está no visual. O modelo chegará com o novo emblema da marca chinesa, acrescentando pacote de acabamento externo em preto brilhante, o black piano, nos frisos, nas molduras das janelas, no spoiler e no rack. Até as rodas de liga leve de 19 polegadas serão exclusivas no Brasil, não estando disponíveis em nenhum outro H6 vendido no exterior. A escolha do seu visual seguiu sugestões do consumidor brasileiro manifestadas em pesquisas.

O Haval H6 que marcará a chegada da GWM ao Brasil se destaca ainda no estilo pelas pinças de freio e emblema “GT” na cor vermelha, todos os logotipos pretos na tampa traseira e nome “Haval” com fundo preto na grade frontal. Seu interior traz acabamentos que simulam fibra de carbono e revestimento de tecido Suede nos bancos, nas portas, no console e no painel, além da exclusiva câmera de reconhecimento facial. O H6 GT disponibilizado no mercado nacional é um híbrido plug-in, como mostra o emblema “PHEV” na tampa do porta-malas. Com a chegada do Haval H6 GT, a linha GWM terá ainda este ano três opções de produto com duas variações de carroceria: o SUV H6 Premium nas versões HEV (híbrido tradicional, que não pode ser carregado em tomadas) e PHEV (híbrido plug-in) e o crossover-cupê H6 GT.

O projeto do H6 para o mercado brasileiro incluiu a reprogramação de recursos de condução ativa e modificações no sistema de conectividade, que será 100% em português, até nos comandos por voz. A central multimídia traz um display de TFT full-HD de 12,3 polegadas com tratamento antirreflexo e espelhamento com Apple CarPlay e Android Auto sem fio. Os veículos que desembarcaram em Vitória farão parte do lançamento oficial do Haval H6 GT, que ocorrerá no primeiro trimestre, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Até então, todas as unidades existentes no Brasil eram protótipos usados em testes de rodagem e de homologação. Ainda durante o mês de janeiro, está programada a chegada de outros lotes do H6 GT, que serão comercializados na pré-venda, com desembarque no mercado durante a inauguração dos 50 pontos de venda e serviços da GWM Brasil.

O H6 é um modelo pertencemte à família Haval, uma das três linhas de produtos que serão comercializadas pela GWM no país, todas com motorização híbrida. Embora toda a linha de modelos inicialmente carregasse o mesmo emblema, a empresa – fundada em 1984 – planejava por volta de 2010 começar a diferenciar suas ofertas de SUVs, carros de passeio e picapes, nomeando-as Haval, Voleex e Wingle, respectivamente. A primeira tornou-se independente em 2013. Três anos depois, veio a Voleex, que deixou de ter o símbolo da GWM, levando somente a marca Haval em seus produtos. A GWM terá ainda no Brasil as linhas de produto Tank, com utilitários esportivos off-road de luxo, e a Poer, focada em picapes.

A GWM investirá nos próximos dez anos mais de R$ 10 bilhões na sua operação no Brasil. A fábrica da GWM em Iracemápolis terá sistema de produção inteligente e capacidade instalada de 100 mil veículos por ano. Maior empresa automotiva chinesa de capital 100% privado, a GWM é a quarta fabricante mundial de picapes médias, segmento que lidera na China há 24 anos seguidos, com participação de mercado acima de 50%. A montadora também é líder de vendas entre os SUVs médios no maior mercado do mundo há 11 anos. A atuação global da GWM envolve mais de 60 países, 70 mil empregados e oito centros de P&D (pesquisa e desenvolvimento) ao redor do planeta.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Trânsito nas Rodovias

Lentidão nas rodovias Anchieta e Imigrantes: confira os tempos de viagem

Congestionamentos marcam as rodovias do SAI nesta terça-feira; interligações estão liberadas

Transporte Público

Metrô apresenta problemas e dificulta manhã do paulistano

Problema teria ocorrido por volta das 4h40 na estação Tiradentes linha 1-Azul; passageiros recorreram às linhas de ônibus para chegar ao destino

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter