Publicidade

X

NOVAS VERSÕES

Shineray aumenta portfólio de ciclomotores no Brasil

Ciclomotor urbano Shineray Phoenix apresenta dois modelos inéditos, um deles com injeção eletrônica

Edmundo Dantas - AutoMotrix

Publicado em 21/07/2023 às 10:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A Phoenix S chegou às lojas por R$ 7.390 e, em agosto, virá a versão EFI / Divulgação

A Shineray do Brasil comercializa atualmente 25 modelos, entre ciclomotores, motocicletas, scooters e triciclos. A empresa está aumentando seu portfólio de ciclomotores, e apresenta agora dois novos modelos. A linha urbana de 50 cilindradas Phoenix passa a contar com a versão S, que já está nas lojas. Detalhes como os amortecedores em vermelho e grafismos próprios deixam o visual da versão S da “cinquentinha” da Shineray ainda mais arrojado. A Phoenix S tem preço de R$ 7.390. Em agosto, chegará a segunda nova versão, a EFI - que será o primeiro modelo da montadora com injeção eletrônica no mercado nacional. “Optamos por deixar a Phoenix com uma linha maior e completa justamente por ser um modelo muito bem aceito pelo nosso público. Diversificamos as opções para o cliente escolher o que melhor se adequa ao seu estilo e as suas necessidades”, explica Thomas Edson Medeiros, diretor da Shineray do Brasil.

A Phoenix S tem 1,95 metro de comprimento, 1,30 metro de entre-eixos, 1,10 metro de altura, 68 centímetros de largura e 76 centímetros de altura do banco em relação ao solo. O peso bruto é 93 quilos e a carga máxima (incluindo o condutor) é de 150 quilos. O chassi é do tipo monobloco e a suspensão dianteira tem garfo telescópico, enquanto a traseira é bishock. As rodas têm 17 polegadas, com freio CBS, a disco na dianteira e com tambor na traseira.

A motorização monocilíndrica de 50 cc da Phoenix S é OHC (com comando simples no cabeçote), acoplada a um câmbio de 4 velocidades. Segundo a Shineray, o ciclomotor tem como pontos fortes o baixo consumo, dentro da proposta básica da Phoenix, que é ser um meio de transporte econômico. A moto oferece partidas por pedal e eletrônica e atinge a velocidade máxima de 75 km/h. O tanque de combustível leva 3,5 litros. Farol, lanterna e setas são em leds e o modelo conta também com painel digital. Uma funcionalidade agregada à versão S da Phoenix é um porta-objetos.

A Phoenix EFI, o primeiro modelo com injeção eletrônica da Shineray do Brasil, chegará ao mercado para tentar ampliar a faixa de consumidores da linha de ciclclomotores. A Phoenix EFI terá o mesmo visual e manterá a motorização “cinquentinha”, porém, com o diferencial tecnológico da injeção eletrônica. O preço do novo modelo será divulgado por ocasião de seu lançamento, assim como sua ficha técnica. A versão com injeção eletrônica terá a mesma velocidade final, de 75 km/h, e suportará o peso total de 150 quilos, com o condutor. “A Phoenix EFI oferecerá todos os benefícios da linha. Nossa proposta é entregar um portfólio diversificado, moderno e que atenda a todos os perfis de clientes”, reforça Medeiros.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SEGURANÇA PÚBLICA

Sindicato protesta contra Derrite por exclusão da Polícia Civil de operação em SP

Presidente do sindicato dos delegados disse que decisão de Derrite de dar mais protagonismo à PM em detrimento à Polícia Civil pode 'fragilizar a estrutura policial'

Programa Jovem Aprendiz

Em busca do primeiro emprego? Empresa Raízen está com 240 vagas abertas

Interessados em se candidatar devem ter entre 16 e 21 anos; não é necessário ter experiência prévia

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter